5 itens para conferir na hora de comprar um apartamento novo

5 itens para conferir na hora de comprar um apartamento novo

Comprar um apartamento novo não é uma tarefa para se realizar às pressas. É o tipo de compra que impacta diretamente a sua vida e família e, por isso, é preciso ter uma certa cautela na hora da compra. Algumas decisões importantes devem ser tomadas antes de finalmente assinar o contrato para garantir que você não vá ter nenhum tipo de arrependimento.

Para te ajudar nessa tarefa, preparamos uma lista com os 5 itens que devem ser conferidos na hora de comprar um apartamento novo. Confira!

1 – Como é o bairro?

Comprar é diferente de alugar. Quando você aluga um imóvel e por algum motivo não se adapta ao bairro, é fácil resolver o problema: ao fim do contrato de aluguel, não renove e você estará livre para procurar outro imóvel. Porém, quando compramos um imóvel a situação é outra — bem mais definitiva.

É importante pesquisar se no bairro em que está o apartamento existem comércios, escolas ou qualquer outro tipo de estabelecimento que você precise ter por perto. Caso utilize transporte público, verifique a presença de linhas disponíveis no bairro e não se esqueça de conferir como é o trânsito nos arredores da região. Verifique também como é o movimento do bairro no período da noite, se não é muito barulhento ou deserto demais!

2 – O imóvel supre as necessidades da minha família?

Se você for solteiro não precisará se preocupar muito com o tamanho do apartamento, porém, é preciso pensar em longo prazo também. Pretende ficar solteiro por muito tempo? Ou ainda, será que não vou querer trazer alguém para morar comigo daqui um tempo? São perguntas que devem ser feitas antes de optar por um imóvel com apenas um quarto. Se já for casado e tiver filhos, com certeza é melhor optar por um apartamento maior e que acomode bem a todos — nesse caso, também é preciso pensar se a família não vai aumentar em breve.

3 – A parcela cabe no meu orçamento?

Você está prestes a comprar um apartamento novo e seu crédito foi aprovado! Mas, apesar disso, você está preocupado em comprometer seu orçamento com o valor das parcelas. Mas quanto maior for a entrada que você der, menor será o valor mensal do financiamento.

Nesse cenário, é válido analisar a possibilidade de se desfazer de alguns bens, como o carro ou a moto, para dar uma entrada mais significativa. Assim você consegue diminuir o valor da sua parcela e poderá ficar mais tranquilo com a vida financeira.

4 – Usar ou não o FGTS?

Caso você ainda não possua nenhum imóvel em seu nome, o seu Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) é uma boa opção para ajudar na compra do seu apartamento novo. O FGTS é depositado pelo empregador em uma conta e equivale a 8% do salário bruto do empregado. Esse valor só fica disponível para o empregado sacar caso ele seja demitido sem justa causa, aposentadoria, falecimento, no caso de falência da empresa na qual trabalha ou para quitar ou comprar um imóvel novo. É um dinheiro que rende pouco na conta, portanto, usar o FGTS é uma ótima ideia na hora de comprar um imóvel.

5 – Onde financiar?

Vários bancos oferecem opções de financiamento para compra de imóveis, porém, é preciso observar os juros. Em alguns casos, a própria construtora oferece opções vantajosas de financiamento. Por isso é muito importante ficar atento a todas as opções disponíveis e escolher aquela que for melhor para você e se encaixe confortavelmente no seu orçamento.

Comprar um apartamento novo é um grande passo e precisa ser feito com total consciência. Visite o local, converse com o corretor e não economize nas perguntas. Todas as dúvidas devem ser sanadas antes de assinar o contrato de compra.

Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário no nosso blog e conte para nós!

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

3 comentários em “5 itens para conferir na hora de comprar um apartamento novo”

  1. luciferreiracardoso disse:

    sou clt de uma prefeituta tenho direito adquerido sim ou naõ responda

    1. Ana Paula disse:

      Olá Luci! A qual direito você se refere?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *