Como comprar um apartamento pode trazer estabilidade financeira

Como comprar um apartamento pode trazer estabilidade financeira

Existem diversos motivos que podem levar uma pessoa a comprar um apartamento: a realização do sonho de adquirir a casa própria talvez seja o mais lembrado, mas, com certeza, ficar livre do aluguel, formar um patrimônio, aplicar o dinheiro em um investimento seguro e usufruir de tranquilidade no futuro também são algumas das razões que as pessoas apresentam para justificar a compra do imóvel.

De fato, todos esses motivos podem ser reunidos em um só, que é a estabilidade financeira oferecida pela aquisição de um apartamento e, de tal estabilidade, muitos outros benefícios acabam surgindo na vida de quem resolve se organizar.

Por isso, neste post vamos mostrar como essa compra pode ajudar no equilíbrio das suas finanças. Confira!

A realização de um planejamento

Para satisfazer todos os requisitos apontados acima você precisará montar um planejamento financeiro, o primeiro passo para a tão desejada estabilidade financeira. Afinal, dificilmente você alcançará esse estágio de tranquilidade sem organizar as suas contas.

Para tanto, coloque tudo na ponta do lápis a fim de compreender exatamente como o seu dinheiro é gasto. De maneira objetiva, anote separadamente o que é destinado para cobrir as despesas rotineiras — como água, luz, telefone, aluguel e internet — e o que deve ser guardado como reserva em caso de despesas imprevisíveis, como um defeito no carro ou um problema de saúde, por exemplo.

Ainda, é preciso reservar o dinheiro das férias da família, do lazer, da poupança e, é claro, da compra do apartamento: utilize a tecnologia a seu favor e organize as suas finanças em planilhas, que podem ser utilizadas de forma online para realização de tal controle ou, ainda, aplicativos para celular possuem o mesmo fim.

O importante é que, nessa etapa inicial, uma análise financeira seja feita para que os próximos objetivos sejam traçados e, mais do que isso, para que o caminho para as metas idealizadas possa ser delineado. Ou seja: para que você se comprometa a direcionar as suas finanças ao objetivo da aquisição da casa própria e à sua própria estabilidade financeira.

O estabelecimento de prioridades

Quando você finalizar o seu planejamento financeiro, perceberá exatamente como o seu dinheiro é gasto, auxiliando bastante no próximo passo — o estabelecimento de suas prioridades. Por isso, procure entender o que pode ser dispensado ou diminuído nas despesas para formar a reserva necessária para a compra do imóvel.

Por exemplo, você poderá trocar a viagem de férias que sairia muito cara por outra mais em conta, diminuir as saídas em família ou passar a realizar passeios que não despendam gastos e, também, cortar gastos supérfluos, como a compra de roupas e sapatos em exagero.

Tudo, somado, pode significar uma boa economia, lembrando que você precisará dessa quantia para comprar um apartamento, ainda que ela represente o mínimo para dar o sinal. Lembre-se que, nessa etapa, qualquer valor já auxilia na formação de uma poupança, que poderá ser utilizada de diversas formas positivas em um futuro próximo.

Ainda, com as contas colocadas no papel será possível refletir sobre a meta financeira a ser poupada. Essa fase é extremamente importante porque estabelecer objetivos, mensais ou semanais, auxilia na criação de um novo comportamento no que se refere à vida financeira.

Uma vez capaz de planejar suas finanças e de estabelecer prioridades, você já estará pronto para praticar os exercícios de educação financeira necessários para a obtenção da estabilidade. Em outras palavras: esse exercício de poupar passa a ser uma rotina, auxiliando em outros objetivos futuros.

A utilização do financiamento como ferramenta para comprar um apartamento

Se você economizou o suficiente para o sinal do apartamento, naturalmente terá que recorrer ao financiamento imobiliário para pagar o restante do imóvel — o que não é problema algum, pelo contrário!

Os sistemas de financiamento imobiliário foram criados justamente para auxiliar compradores que querem efetivar o sonho da casa própria, mas que não possuem a quantia suficiente para pagamento à vista, funcionando praticamente como um empréstimo aos compradores.

Por isso, como existem diversas opções disponíveis no mercado, faça uma pesquisa e busque pelo financiamento mais adequado ao seu perfil: eles podem ser diferenciados pelo tipo de imóvel a ser adquirido, pelas condições oferecidas aos clientes e, também, a partir de requisitos econômicos do comprador.

Em alguns casos, é permitida a utilização do próprio Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) como parte do pagamento. Ou seja, o importante é que sejam ajustados o objetivo do consumidor à segurança da instituição financiadora quanto ao retorno do valor emprestado, estabelecendo-se um contrato entre as partes.

Ainda, depois de requerido um financiamento, o controle das suas finanças deverá ser mantido, o que é sempre saudável para quem busca a estabilidade financeira. Aliás, controlar as finanças é um hábito que permitirá que você adquira de maneira planejada tudo aquilo que pretende, como também assegurará que surpresas desagradáveis não aconteçam.

A conquista da segurança após a compra e a tão sonhada estabilidade

Uma vez adquirido o primeiro apartamento, você ganhará de bônus a capacidade para gerir as próprias finanças com maior atenção, o que será imprescindível para a sua estabilidade.

Nesse momento, mesmo se o valor do pagamento de aluguel tenha sido substituído por parcelas mensais do financiamento imobiliário, a quitação de um negócio cujo resultado tenha sido a compra da casa própria traz, ao mesmo tempo, satisfação e tranquilidade.

Mais do que isso, você conseguirá aumentar o seu patrimônio com um bem que representa uma segurança imensa, não só como uma reserva de capital importante — que pode ser utilizada em caso de necessidade, em uma revenda posterior ou mesmo em sua locação para geração de renda — mas, também, por significar a verdadeira independência financeira.

Por essa razão, a organização financeira para a aquisição de um imóvel funciona como o estabelecimento de novos hábitos que influenciarão positivamente o seu cotidiano, auxiliando, inclusive, na busca da tão sonhada estabilidade financeira. Se você está próximo de dar o primeiro passo na compra de um apartamento, aplique em seu dia a dia as informações trazidas neste artigo e comemore o início de um novo estilo de vida!

E agora, está certo de que comprar um apartamento é a melhor opção? Você se tornará independente e ainda poderá estabelecer uma poupança extra. Para saber mais sobre a aquisição de um imóvel, baixe o nosso e-book e veja outras dicas!

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

4 comentários em “Como comprar um apartamento pode trazer estabilidade financeira”

  1. Rita de cacia gomes faria disse:

    Eu preciso da minha casa própria que ainda não tenho. quero paz e sossego. Tenho fé em Deus de conseguir. Não aguento mais paga aluguel.

  2. Rozane disse:

    Mais informacoes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *