8 motivos indiscutíveis para investir em imóveis!

9 motivos indiscutíveis para investir em imóveis!

Quem planeja o futuro sabe que também é preciso pensar nas melhores formas de investir dinheiro. Afinal, com tantos aspectos que dizem respeito aos investimentos, como segurança, liquidez e retorno, é preciso analisar bem cada detalhe antes de realizar uma aplicação.

Quer uma mãozinha para começar? Neste post, apresentaremos a você 9 motivos para investir em imóveis. Confira!

1. Segurança

Alinhar os investimentos pelo nível do risco que oferecem é uma estratégia bastante utilizada pelos investidores que visam minimizar as perdas financeiras. Assim, é comum ouvirmos falar em investimentos de alto risco e investimentos de baixo risco.

De modo geral, investir em imóveis é correr risco praticamente nulo. Isso porque é patrimônio sólido, formado por um bem que não muda de lugar, pode ser identificado com muita facilidade e tende a se valorizar ao longo do tempo.

Como essas características oferecem muita segurança a quem investe, é válido afirmar que os imóveis estão entre os investimentos de menor risco disponíveis no mercado.

2. Aumento de patrimônio

Decidir fazer investimentos seguros e duráveis logo nos leva a pensar na formação de um patrimônio. Não é por acaso que as empresas e as pessoas que escolhem investir na formação patrimonial optam por imóveis como uma das linhas de investimento prioritárias.

Veja que os imóveis não estão sujeitos a quebras de bancos ou quedas bruscas no mercado financeiro. Eles são bens tangíveis, que você pode redecorar e aumentar a atratividade e valor, seja para locação ou venda.

3. Resistência ao tempo

Imóveis são bens duráveis, pois sua utilização se dá ao longo dos anos, perdurando por gerações. Ou seja: você compra um apartamento, utiliza e, caso decida manter a propriedade pela vida toda, deixa como legado para seus filhos. Eles, ao recebê-lo, têm a mesma chance de usar o imóvel e passá-lo para a próxima geração.

Esse bem pode ser convertido em renda por meio da locação, o que vai conferir a ele uma qualidade da qual trataremos a seguir: rentabilidade.

4. Potencial fonte de renda

Sair do aluguel e comprar o primeiro imóvel é uma importante conquista que, para a maioria das pessoas, demanda planejamento e organização financeira. A recompensa desse esforço é o patrimônio que se começa a formar. Com a maior estabilidade econômica alcançada com essa primeira aquisição imobiliária, você pode investir em outro imóvel.

Fazer esse novo investimento e manter o imóvel anterior permite que, além de ampliar seu patrimônio, você também possa alugar o apartamento do qual vai se mudar. Desse modo, você passa a contar com a renda de um aluguel, que pode inclusive ser usada para pagar as parcelas do financiamento do bem recém-adquirido.

Você inicia, assim, um ciclo que poderá ter continuidade com a compra de novos imóveis, que aumentarão a renda e permitirão a compra de mais apartamentos. Ou seja, você obtém ganhos com seu imóvel e ele não perde o valor, mantendo-o e contando com alta perspectiva de valorização.

5. Boas perspectivas de valorização

Em prazo maior ou menor, dependendo da época, um imóvel sempre valoriza, o que é essencial para qualquer investimento. Claro que o grau de valorização vai depender de diversos fatores, podendo ser maior ou menor. Imóveis comprados na planta, por exemplo, podem ser vendidos quando prontos e dar bons lucros a seus proprietários.

Importante ter em mente que investimentos imobiliários dão melhores resultados no médio e longo prazo e que lucrar com imóveis é uma realidade ligada a diferentes fatores. Dentre as razões de valorização imobiliária está a quantidade de ofertas da modalidade do imóvel em determinada localidade, suas características e outras especificidades.

Vale destacar que a valorização imobiliária se beneficia da constante e crescente necessidade das pessoas por moradia, principalmente nos maiores centros urbanos.

6. Liquidez

Segurança, durabilidade, rentabilidade e valorização se aliam à liquidez, considerando-se que o dinheiro aplicado em um imóvel retorna ao investidor: tanto em aluguéis, quando é o caso, como na ocasião da venda.

É preciso pensar que a vida muda e, com as mudanças, surgem novas necessidades de investimentos, o que exige que o patrimônio tenha liquidez, ou seja, que possa ser vendido com facilidade e transformado em dinheiro.

Deve-se atentar para o fato de que o mercado imobiliário passa por momentos de maior ou de menor liquidez, porém, pelo preço certo, um imóvel sempre encontra um comprador quando surge a necessidade de dinheiro vivo.

7. Motivador de economia

Para quem não possui perfil poupador e encontra sérias dificuldades para reservar algum dinheiro, comprar um imóvel financiado é um jeito de mudar hábitos e aumentar a segurança para o futuro.

Perceba que, nesse caso, imóveis na planta ou em fases iniciais de construção são as aquisições mais indicadas, porque os lançamentos imobiliários têm valores convidativos, sendo perfeitos para se começar a construir um patrimônio.

Quem mora de aluguel, então, ao separar uma parcela dos ganhos mensais para a aquisição do apartamento próprio está fazendo um investimento duplamente inteligente: em estabilidade e melhoria de condição econômica.

8. Saída do aluguel

Mês após mês, você vê o aluguel consumir uma parte importante dos seus ganhos e, mesmo assim, convive com incertezas quanto à moradia, já que não tem seu próprio imóvel. O pagamento do aluguel é um péssimo investimento, uma vez que o dinheiro só resolve temporariamente a questão do morar e jamais retorna para o locatário.

Essa situação desconfortável atinge não só a vida financeira, mas todos os aspectos do cotidiano de quem vive de aluguel. Essa problemática toda se resolve logo que você compra um apartamento, um lugar para chamar de seu, decorar como quiser e viver o tempo que bem entender.

9. Realização de meta

Um dos melhores motivos que podem levar alguém a investir em imóvel é a realização do sonho da casa própria. Essa perspectiva representa uma conquista muito importante na vida das pessoas e sempre deve ser vista como uma meta. Além de estar livre do aluguel, quem mora no que é seu passa a ter total autonomia sobre o imóvel que ocupa.

Com isso, pode redecorar ambientes à vontade e deixar o apartamento confortável ao máximo: trocar pisos e outros revestimentos, instalar armários embutidos e demais móveis planejados são algumas possibilidades. Vale lembrar que essas e outras adequações do espaço somente podem ser realizadas em imóveis alugados com a expressa autorização do proprietário.

Estar em sua própria casa é também experimentar a segurança de só mudar de endereço quando e como você quiser, o que resulta em poder programar com mais tranquilidade o seu amanhã.

Não há mais dúvidas de que investir em imóveis e ter a sua própria casa é uma opção rentável, além de uma realização pessoal. Para ajudar você a alcançar este objetivo, é importante conhecer também os 6 maiores hábitos que impedem você de economizar dinheiro.

Gostou deste artigo? Então compartilhe-o com os amigos nas suas redes sociais e ajude outras pessoas a fazer um bom investimento!

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

3 comentários em “9 motivos indiscutíveis para investir em imóveis!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *