Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Como amortizar financiamento na Caixa?

Como amortizar financiamento na Caixa?

Recorrer a um financiamento imobiliário é uma opção muito comum no Brasil, sobretudo pelo cidadão comum que não vê a hora de sair do aluguel e realizar o sonho da casa própria. No entanto, a nossa situação financeira pode mudar com o passar do tempo e é por isso que você precisa saber como amortizar financiamento na Caixa.

Essa é uma estratégia que, de acordo com o perfil e o momento da pessoa, pode ser extremamente vantajosa, uma vez que você reduzirá o valor original da dívida e terá a possibilidade de se livrar das prestações em um período mais curto. Continue lendo e descubra como fazer isso!

Afinal, o que é a amortização do financiamento?

Podemos afirmar que a amortização de um financiamento imobiliário é o mesmo que reduzir o valor original dessa dívida, ou seja, reduzir o seu débito total. Em outras palavras, isso quer dizer que, cada vez que uma ou mais parcelas de um financiamento, ou empréstimo é paga, o cliente devedor está amortizando o saldo a ser quitado.

No entanto, devemos compreender que a amortização vai um além do que apenas pagar as prestações todos os meses. Trata-se de ter controle financeiro e disponibilidade de capital para antecipar suas obrigações com o contrato, evitando mais juros e utilizando uma estratégia inteligente e acertada para as suas economias.

Como funciona a amortização do financiamento?

Na prática, a amortização do financiamento imobiliário costuma funcionar de maneira parecida. Quando o contrato é assinado, se determina um valor e uma quantidade específica. Se o devedor consegue guardar um dinheiro extra por mês, é natural que ele queira utilizar essa quantia para reduzir sua dívida.

Para isso, o ato mais comum é o de adiantar pagamentos, fazendo com que se possa deixar de pagar taxas e juros que estavam inseridos nas prestações. Via de regra, no Brasil, isso pode ser feito usando a Tabela SAC, na qual os reajustes são feitos de acordo com a taxa referencial, ou a Tabela Price, com parcelas fixas, porém mais altas.

Quando é possível amortizar financiamento na Caixa?

Quando é possível amortizar financiamento na Caixa?

A Caixa Econômica Federal é o maior concessor de empréstimos para o financiamento imobiliário no Brasil e utiliza tanto a SAC quanto a Tabela Price. Por isso, aprender como amortizar o seu saldo nessa instituição é muito importante, uma vez que é altamente provável que, alguma vez na vida, você recorra ao banco.

Caso você tenha aumentado os seus ganhos mensais e queira adiantar pagamentos, isso é perfeitamente possível. Você pode fazer isso abatendo o saldo devedor com recursos próprios ou com o saldo do seu FGTS, conversando com o seu gerente ou fazendo diretamente os trâmites pelo Internet Banking, ou pelo Aplicativo “Habitação Caixa”.

Quando a amortização vale a pena?

Logicamente, o conceito de amortização é muito tentador, visto que ele reduz o montante final que você pagará pelo seu empréstimo imobiliário. No entanto, você deve fazer isso com o máximo de segurança, analisando se é melhor quitar mais parcelas ou, por exemplo, investir esses recursos em outros meios para obter mais dividendos.

Isso é, antes de mais nada, uma questão que demanda uma avaliação do seu perfil pessoal, do momento atual da economia e dos recursos que você tem. É preciso ponderar se você pode achar aplicações estratégicas, nas quais o retorno seria mais proveitoso do que a amortização, ou se é melhor direcionar tudo para o seu financiamento.

Como fazer a amortização do financiamento?

Agora que você já aprendeu um pouco mais sobre o conceito de amortização de um financiamento imobiliário, entendeu melhor como isso funciona na prática e viu quais são as características do empréstimo da Caixa Econômica Federal, chegou a hora de mostrar algumas opções para que você possa fazer isso. Confira.

Escolha entre SAC e tabela Price

O primeiro passo para aprender como fazer a amortização do financiamento é escolher entre SAC ou Tabela Price. A primeira é mais popular no Brasil e mais utilizada pela Caixa Econômica Federal, sobretudo porque as parcelas costumam ficar mais baixas, enquanto a segunda acaba sendo a opção mais recomendada para quem quer prestações fixas.

Para explicar melhor, podemos dizer que, nos financiamentos imobiliários pelo método SAC, as parcelas vão diminuindo de valor conforme a dívida é paga, com amortização constante. Já no sistema Price, os juros serão calculados de maneira antecipada, sendo distribuídos igualmente ao longo do período de pagamento.

Consulte o saldo do FGTS

Uma das formas mais comuns e vantajosas de fazer a amortização do financiamento imobiliário no Brasil é utilizando os recursos disponíveis na conta do seu FGTS. Essa famosa sigla, que quer dizer “Fundo de Garantia por Tempo de Serviço” tem um papel fundamental no segmento de imóveis e precisa ser considerada.

É possível, usando a internet e por meio do site da Caixa Econômica Federal, verificar o seu saldo, que tende a ser mais alto se você já está na ativa há muitos anos. Essa quantia costuma ficar praticamente parada, com rendimento inferior à poupança, o que faz com que o seu saque acabe sendo uma boa alternativa.

Comunique a decisão ao banco

Por fim, ao decidir por fazer a amortização do financiamento imobiliário, você deve comunicar essa mudança ao banco. É importante frisar que cada instituição tem as suas próprias características e exigências para isso, mas a burocracia não costuma ser grande, visto que eles estão diretamente interessados em receber o valor. 

No que diz respeito à Caixa Econômica Federal, como dissemos, você pode procurar o gerente e conversar sobre o tema, sobretudo se ainda tiver algumas dúvidas. Uma alternativa é utilizar a praticidade da web e fazer isso por meio do Internet Banking da CEF ou, se você preferir, pelos aplicativos disponibilizados para cada caso.

Agora você já sabe como amortizar financiamento na Caixa. Caso você tenha feito um empréstimo imobiliário e está com um dinheiro extra, essa pode ser uma opção interessante para reduzir a sua dívida total!

Gostou de aprender um pouco mais sobre como amortizar financiamento na Caixa? Então confira também nosso outro artigo sobre as vantagens de investir em imóveis!

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *