Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Como‌ ‌avaliar‌ ‌um‌ ‌imóvel‌ ‌antes‌ ‌da‌ ‌compra?‌

Como‌ ‌avaliar‌ ‌um‌ ‌imóvel‌ ‌antes‌ ‌da‌ ‌compra?‌

Quem está em busca de conquistar o sonho da casa própria geralmente se vê em dúvidas sobre como avaliar um imóvel. Nessa busca, o investimento é algo realmente grande e, por isso, errar ou não ter certeza na hora de fechar um negócio não pode ser uma opção. No entanto, com dicas claras e conhecendo um pouco mais do processo é possível fechar um acordo vantajosos!

A avaliação de um imóvel permite que o comprador entenda mais sobre a região, como aquele apartamento atende à família, entre outros pontos. Para ter clareza na hora de tirar essas conclusões, é preciso usar algumas técnicas. Do preço até as instalações do condomínio, tudo precisa ser analisado com calma, garantindo o melhor negócio possível!

Neste post, mostraremos em detalhes como o processo de avaliação de imóvel é feito e por que ele é tão importante. Saiba mais e esteja pronto para esse momento!

Entenda por que é importante saber como avaliar um imóvel

Entenda por que é importante saber como avaliar um imóvel

Saber como avaliar um imóvel é, sem dúvidas, algo que passa pela cabeça de todos que, ao menos uma vez, já buscaram o sonho da casa própria. Afinal, como entender se o preço a ser pago realmente é válido diante do que se está comprando? Um imóvel é um investimento importante, não só pelo dinheiro, mas pela questão da moradia.

A seguir, entenda um pouco mais sobre a importância de uma avaliação correta e como isso pode ser decisivo para o bem-estar dos compradores de diversas formas.

Garantir um investimento seguro

Investir em um imóvel é coisa séria, principalmente porque na maioria das vezes representa alcançar um objetivo importante: a casa própria! Em meio a sonhos e conquistas, é preciso entender como avaliar um imóvel, já que isso também está relacionado com a melhor aplicação das suas economias. Se você entende o quanto o imóvel vale, dificilmente faz um mau negócio.

Aprender sobre como avaliar um imóvel é algo que não nos é ensinado na escola, por isso não há problemas em não saber. No entanto, uma vez que você se vê nesse momento decisivo da vida, é fundamental tomar todos os cuidados. A compra d num imóvel pode envolver um financiamento de anos, muitas vezes com uma entrada grande. Por isso, saber avaliar é investir com segurança.

Avaliar o que é mais importante para você

Não importa quanto o apartamento seja bem-apresentado, como corretores falam bem dele e até mesmo o seu preço de mercado: é fundamental que o imóvel seja interessante para você, suas necessidades e seu estilo de vida. O novo local em que você vai morar é um investimento pessoal, o que significa que ele deve ser adequado para a maneira como você leva a sua rotina.

Um apartamento longe dos grandes centros pode não ser a melhor escolha para quem tem um estilo de vida agitado, que trabalha perto dessas regiões e as frequenta nos momentos de lazer. Agora, se você é uma pessoa aposentada e busca uma vida mais tranquila, esse imóvel deve servir. Sua avaliação deve colocar suas preferências e necessidades em primeiro lugar sempre.

Saber se o imóvel cumpre exigências legais

Toda construção tem algumas exigências legais que precisam ser cumpridas, e isso é responsabilidade direta da construtora. Empresas de grande porte, com experiência no mercado, dificilmente terão problemas desse tipo, já que são altamente preocupadas com suas responsabilidades legais. Por isso, buscar esse tipo de construtora é um primeiro passo.

De qualquer maneira, sempre busque se certificar sobre o cumprimento dessas exigências legais. Exija que a construtora apresente toda documentação do imóvel, inclusive sobre as autorizações para construção naquela área. Por mais que pareça algo trabalhoso e detalhista, estamos falando da sua próxima moradia. Todo cuidado é pouco e a preocupação faz todo sentido.

Analisar a arquitetura do imóvel

Saber como avaliar um imóvel é importante, e entender a arquitetura dele é fundamental para saber se seus móveis e a disposição interna que você pretende poderá ser atendida. Cada construção é feita pensando em um conceito arquitetônico, por isso, não existe certo ou errado. Nessa análise, você deve entender se a ideia pensada para o imóvel é adequada para você.

Durante uma visita, pense em como os seus móveis atuais, ou os que você pretende comprar para a casa nova, serão dispostos no imóvel. Isso ajuda a ter uma ideia prévia de como seus cômodos ficariam, trazendo uma noção mais concreta do que será seu próximo lar. Detalhes são importantes para que você conclua um negócio que o deixe satisfeito de todas as formas.

Entender se ele comporta as necessidades de dimensões

Saber como avaliar um imóvel é também sobre analisar suas dimensões. Se você está começando sua vida sozinho, sem marido, esposa ou filhos, talvez suas necessidades sejam menores nesse sentido. Um apartamento grande representaria maior trabalho para mantê-lo sempre organizado e limpo. Isso demandaria tempo, esforços e preocupações que talvez não sejam importantes agora.

No entanto, famílias maiores precisam de um imóvel que comporte todos com conforto, o que demanda algo maior e mais espaços. Se trata mais sobre sua vida e quem vai morar no novo imóvel, então, a partir disso, escolher algo que comporte bem todas as suas necessidades de espaço. Lembre-se também que essas questões vão influenciar no preço final do imóvel.

Traçar comparativos com outros imóveis

Toda compra de imóvel precisa ser feita a partir de uma escolha bem embasada, principalmente no mercado. É difícil que um comprador decida pelo seu novo lar visitando apenas uma opção, já que há sempre algumas em vista. Por isso, não se intimide em traçar um comparativo com vários imóveis que você tenha em vista, até mesmo aqueles que não parecem tão interessantes.

Visitas podem ajudar a conhecer melhor a estrutura do condomínio, as dimensões do imóvel e outros detalhes que anúncios não mostram. Preços também podem ser flexibilizados, até mesmo aqueles que, em um primeiro momento, pareciam não caber no seu bolso. A avaliação de imóveis é importante para ter um leque maior de opções e então, tomar a decisão mais adequada.

Saiba como avaliar um imóvel antes da compra

Saiba como avaliar um imóvel antes da compra

Como avaliar um imóvel e entender se ele é a escolha certa? Essa é uma pergunta inevitável e muito comum, o que faz todo sentido, afinal, são muitas questões envolvidas nessa decisão. Uma compra não pode ser feita do dia para a noite, já que estamos falando de valores realmente importantes. No entanto, a questão financeira é só parte de toda essa escolha.

Um imóvel precisa ser avaliado também do ponto de vista pessoal, considerando sua capacidade de ser confortável, funcional e útil na rotina de cada comprador em potencial. Por isso, confira a seguir alguns parâmetros de avaliação que ajudarão a ter maior clareza na hora de escolher o seu imóvel!

Compare preços de outras opções

Que tal comparar preços sempre que encontrar uma opção que pareça a melhor possível! A razão para isso é simples: há sempre a possibilidade de encontrar um imóvel que se encaixe melhor no seu orçamento. É natural que isso gere maior tempo na busca, mas lembre-se de que escolher um novo imóvel é realmente um processo mais longo, mas que sempre visa uma escolha precisa.

Para facilitar a sua comparação, tornando-a mais rápida e precisa, utilize alguns parâmetros como:

  • defina os bairros em que gostaria de morar;
  • defina uma faixa de preço considerando seu orçamento;
  • determine o número de cômodos buscados;

Esses e alguns outros possíveis parâmetros impactam diretamente o preço de um imóvel. A partir deles, selecione apenas as opções que se encaixem nesses filtros. Isso permite que você tenha sempre alguns imóveis em vista e também mantém a busca mais criteriosa.

Avalie o terreno, a construção e a localização

Questões mais estratégicas também precisam ser avaliadas, principalmente visando o futuro da região em que o imóvel está. É necessário avaliar o terreno, primeiramente, e entender se naquele espaço haverá mais áreas exploradas, como a construção de outros empreendimentos imobiliários próximos ao seu condomínio, por exemplo.

A localização do imóvel também é outro ponto de extrema importância, impactando inclusive no valor do imóvel. Bairros que passam por expansão e crescimento urbano tendem a ter uma valorização maior no futuro, o que é de grande importância, afinal, o imóvel é um patrimônio. Tente sempre avaliar a região, onde o prédio foi construído e tudo que envolve as redondezas.

Confira as condições de compra

As condições de compra também são decisivas na escolha. Saber como avaliar um imóvel passa também por entender como essa compra pode ser finalizada de modo que a compra seja confortável de acordo com as limitações e as possibilidades financeiras de cada um. O financiamento é, geralmente, uma escolha muito comum e bastante útil, mas não é a única opção.

A compra à vista, por mais que demande economias de bastante tempo, o que significa um montante relevante de dinheiro investido de uma só vez, também é uma possibilidade. Nesse caso, entenda melhor se há algum tipo de desconto que justifique o pagamento integral. Avalie todas as condições de compra, quais vantagens elas proporcionam e decida a que mais agrada.

Pesquise mais sobre a localização

Você conhece bem o bairro e os arredores da região em que o imóvel em questão está? Se não é uma área em que você viveu ou frequentou por algum tempo, essa pesquisa é muito útil e pode pesar na hora de escolher seu novo imóvel. No cotidiano, todos temos necessidades básicas e muitas delas estão ligadas à infraestrutura local de onde vivemos.

A segurança, sem dúvidas, é uma questão indispensável nos tempos de hoje. Por isso, não deixe de avaliar o índice de criminalidade da região e se informar sobre como seu estilo de vida pode ou não ser influenciado por questões como essa. Além disso, procure saber se na região há opções de lazer e serviços para atender você e sua família. Algumas das principais são:

  • parques;
  • praias;
  • supermercados;
  • escolas;
  • feiras urbanas;
  • shoppings;
  • oficinas mecânicas;
  • restaurantes;
  • hospitais e clínicas;
  • opções variadas de lazer;
  • acesso a linhas de transporte público.

Entenda sobre a orientação solar

Pode parecer algo não tão importante, mas a orientação solar em relação ao seu imóvel, no dia a dia, faz muita diferença! Mais sol nas janelas representa controle da temperatura, economia de energia elétrica, e até mesmo o equilíbrio da umidade, evitando ácaros.

Essa incidência ocorre de acordo com o posicionamento do seu imóvel, dessa forma, o sol bate nas janelas da seguinte forma:

  • imóvel posicionado ao norte: incidência de luz solar durante todo o dia;
  • imóvel posicionado ao leste: incidência de luz solar na parte da manhã;
  • Imóvel posicionado ao oeste: incidência de luz solar somente no início da manhã, durante o verão, enquanto no inverno, quase não há;
  • Imóvel posicionado ao sul: quase nenhuma incidência de luz solar durante o inverno, enquanto no verão, há apenas no início da manhã e no fim da tarde.

Entendendo melhor essa questão do posicionamento do imóvel e de como a luz entra pelas janelas, sua escolha pode ser mais precisa!

Verifique os serviços e instalações do condomínio

Viver em um condomínio é algo vantajoso, já que a estrutura desses locais está cada vez mais moderna e repleta de serviços para os moradores. Para saber como avaliar um imóvel é importante também entender que, se a nova casa será em uma estrutura como essa, algumas exigências podem ser feitas, enquanto alguns serviços são vantagens a mais que são bem-vindas.

Primeiramente, cheque as instalações do condomínio. Verifique se é tudo novo, ou ao menos conservado, se há manutenção frequente, se há cuidado com a fachada, entre outros pontos. Quanto aos serviços e infraestrutura, as ofertas mais úteis são:

  • sistema de elevador;
  • garagem para os moradores;
  • áreas de lazer (piscina, quadras de lazer, espaços infantis, espaços de convivência para adultos, playground, salão de festas);
  • academia.

Veja como negociar melhores preços

Veja como negociar melhores preços

Quem busca saber como avaliar um imóvel também costuma ter dúvidas a respeito das negociações e busca pelas melhores condições de compra. Finanças não são ensinadas na escola, por isso, é totalmente normal que não sejam entendidas amplamente. No entanto, na hora de comprar a casa própria, você precisará saber alguns pontos básicos sobre negociação.

Para ajudar, separamos alguns parâmetros e dicas que devem ser usadas na hora de buscar as melhores condições de compra, com preços mais justos, na pesquisa de imóveis. Confira a seguir!

Busque um financiamento que seja mais interessante

Financiamento é hoje a modalidade mais acessível de compra de um imóvel. Naturalmente, para se qualificar a esse tipo de pagamento, é necessário cumprir com requisitos básicos relacionados ao seu crédito e também ao seu faturamento mensal. Dito isso, caso você esteja apto, há três modalidades de financiamento que podem ser escolhidas:

  • tabela PRICE: sistema de pagamento que mantém parcelas fixas do início ao fim do parcelamento;
  • sistema SAC: a dívida do imóvel é paga primeiro e, então, os juros;
  • sistema SACRE: as parcelas, no início, dedicam maior percentual dos valores aos juros e taxas, e só depois começam a quitação do imóvel;
  • financiamento pela Caixa Econômica Federal.

Tente negociar descontos caso possa dar uma entrada

Muitos compradores não têm o valor total do imóvel, mas por algum tempo fizeram investimentos e economizaram para ter um montante que pode ajudar no pagamento. Se esse é o seu caso, uma boa jogada na negociação é oferecer esse valor para abater parte do valor total do imóvel, como uma entrada. É importante, no entanto, fazer isso visando um desconto no preço pago.

Financiamentos, ainda que tenham juros, são um mecanismo de pagamento interessante, já que permitem parcelar a compra por vários anos, o que é confortável ao comprador. No entanto, ainda assim, é possível conseguir bons descontos negociando uma entrada. Se você tem essa possibilidade, vise sempre descontos maiores e que vão fazer a diferença para seu bolso.

Proponha comparativos com preços mais baixos da região

Lembre-se: você é o comprador e, na negociação, deve ter o poder de barganha! Empresas estão sempre em busca de realizar bons negócios, mas os futuros proprietários também devem pensar dessa forma. Se você está em dúvida entre alguns imóveis, sempre tenha como base aqueles que estão com um valor mais baixo, já que eles servirão como parâmetro de comparação.

Você pode negociar esse valor como um argumento interessante para conseguir descontos ou melhorias vantajosas nos preços cobrados. No entanto, sempre considere imóveis compatíveis com o que você busca essa redução de preço. Só assim, é possível ter realmente um argumento válido para negociar descontos no imóvel que você quer.

Busque descontos se o imóvel estiver na planta

Aquisições na planta têm se tornado uma tendência nos últimos anos, já que são um modelo de compra e venda de imóveis vantajoso para ambas as partes: construtora e proprietário. Se essa possibilidade interessa você, saiba primeiramente que esse tipo de imóvel é, obrigatoriamente, mais barato. Portanto, ainda assim você pode buscar descontos realmente grandes.

Se você não tem pressa, é hora de começar a considerar a compra de um imóvel na planta. Geralmente, eles são projetos de três a quatro anos, podendo variar de acordo com a complexidade do apartamento e do tamanho dele. Nessas condições, você consegue preços bem menores e sabe exatamente, de forma antecipada, como o imóvel ficará após a conclusão do projeto.

Conte com a ajuda de um corretor de confiança

Não se sentir seguro em saber como avaliar um imóvel e buscar o preço certo para ele pode acontecer, então, a ajuda de um profissional qualificado e experiente será de grande ajuda. O corretor de imóveis é, sem dúvidas, a pessoa mais qualificada para fazer essa análise e informar preços, condições e possibilidades de negociação que você pode lidar em cada propriedade.

Se julgar necessário, conte com um corretor de sua confiança para acompanhar a visita e a avaliação de algum imóvel. Por vezes, pode ser mais interessante investir nos serviços desse profissional do que simplesmente acatar os preços que estão sendo cobrados. O dinheiro que você gasta agora pode ser a economia de milhares de Reais na hora de comprar o imóvel.

Saiba se o preço cabe no seu bolso

Saiba se o preço cabe no seu bolso

Agora que você já sabe como avaliar um imóvel e negociar melhores condições de pagamento, é hora se você consegue arcar com esses custos. A responsabilidade de entrar em um financiamento ou pagar uma entrada são grandes por isso, toda precaução e cuidados são necessários. Saiba como avaliar os preços e o impacto deles no seu bolso!

Avalie o rendimento mensal da família

Quantas pessoas têm rendimento mensal na família? Uma, duas? Qual é esse rendimento total? Todas essas questões têm peso na hora de avaliar o quanto a parcela de um financiamento vai impactar nas finanças da família, ou do único comprador. Faça cálculos e entenda exatamente se ainda haverá conforto para custear outros compromissos da vida da família.

Entenda o quanto o tempo de pagamento do financiamento podem impactar as finanças

As parcelas vão durar quanto tempo no financiamento escolhido? Alguns podem dividir esse pagamento em anos, e é sempre importante avaliar o tipo de impacto que isso gera nas finanças. Se você vê o futuro como promissor e de crescimento, ótimo, mas talvez não seja interessante um parcelamento longo para quem está próximo da aposentadoria. Cada caso deve ser avaliado especificamente.

Avalie a possibilidade de a entrada descapitalizar a família

Dar um valor de entrada em um imóvel é um movimento grande e que precisa ser avaliado. Ter um fundo de emergência é essencial para se viver com maior segurança e, muitas vezes, compradores dão todas as suas economias como entrada. Descapitalizar de uma vez pode ser arriscado, mas se você consegue dar uma entrada e ainda manter algo na reserva, pode ser uma ideia mais segura.

Se dedicar a entender como avaliar um imóvel é parte do processo de busca e compra da casa própria! Esse conhecimento traz maior autonomia e capacidade de negociação, o que é fundamental para quem está nesse momento da vida pessoal.

Gostou deste conteúdo que acabou de ler? Agora confira um conteúdo com 6 dicas para evitar erros na hora de fechar negócio por um novo apartamento!

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *