Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Quais comprovantes de renda são aceitos para financiamento de imóveis?

Quais comprovantes de renda são aceitos para financiamento de imóveis?

Investir no mercado imobiliário é um desejo comum entre os brasileiros, seja para conquistar o sonho da casa própria, ter renda passiva por meio da locação de propriedades ou mesmo para aumentar o patrimônio. Por isso, saber quais comprovantes de renda são aceitos para financiamento de imóveis pode ser muito importante.

Muita gente acha que isso só é possível por meio da apresentação do famoso holerite ou contracheque, mas a verdade é que as instituições precisaram se adaptar às diversas relações de trabalho da atualidade e fornecem uma boa variedade de opções.

Continue lendo nosso conteúdo e conheça algumas delas!

Holerite

A comprovação de renda que as instituições exigem para os financiamentos nada mais é do que um ou mais documentos que indiquem ao futuro credor que o devedor reúne renda mensal suficiente para honrar a operação de crédito. O holerite é, definitivamente, a forma mais tradicional de fazer essa verificação.

Trata-se de um demonstrativo impresso oficial, que exibe o valor dos vencimentos de um funcionário e está presente nos setores públicos e privados. Ele também é amplamente utilizado para fins fiscais e, por isso, vale ficar atento ao seu preenchimento e aos detalhes.

Decore

Enquanto o holerite tende a ser o comprovante usado por quem trabalha em empresas públicas e privadas, o Decore pode ser o instrumento adotado por trabalhadores autônomos. Essa é a sigla para “declaração comprobatória de percepção de rendimentos” e o instrumento deve ser emitido por contadores profissionais.

Comprovantes de trabalho autônomo

Mais uma alternativa é o comprovante de trabalho autônomo. Eles podem ser os registros oficiais de suas atividades, tais como o alvará de funcionamento, o registro da empresa, os recibos, contratos e assim por diante. Vale anexar também os comprovantes de contribuição do INSS e do ISS.

Comprovantes de trabalho autônomo

Extrato bancário

Você sabia que o seu extrato bancário também pode ser usado como comprovante de renda na hora de fazer um financiamento? É comum que eles não sejam aceitos sozinhos, mas servem como um elemento comprobatório a mais de suas finanças e da capacidade de honrar o empréstimo que está solicitando.

Imposto de Renda

Outro documento muito adotado para conseguir a aprovação no financiamento de imóvel, em especial por quem não tem carteira assinada, é o famoso Imposto de Renda. Ele funciona como mais um comprovante de rendimentos, sendo uma opção para ajudar o cidadão a conseguir crédito nas instituições financeiras.

Cadastro Positivo

Por fim, não podemos deixar de falar no Cadastro Positivo. Mesmo sem ter carteira assinada ou um emprego baseado na CLT, você pode usar esse programa do Serasa para comprovar sua saúde financeira, mostrando que honra seus compromissos e não representa grande risco para a instituição que conceder o financiamento.

Esses são alguns dos comprovantes de renda aceitos para financiamento de imóveis. Com eles, fica mais fácil conseguir a aprovação e adquirir o imóvel que você sempre sonhou para sua família.

Gostou de conhecer quais comprovantes de renda são aceitos para financiamento de imóveis? Então, não deixe de conferir também como conseguir sua independência financeira em 5 passos!

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *