Quando comprar um apartamento?

Quando comprar um apartamento?

As razões que levam as pessoas a comprarem um apartamento podem ser inúmeras. Alguns desejam casar, outros querem conquistar a independência, e há também aqueles que veem nessa compra uma forma bastante rentável de investimento. Independentemente do motivo, há uma pergunta comum a todos: quando comprar um apartamento?

Boa parte das pessoas costuma definir um aspecto determinante para a hora certa de investir no seu primeiro imóvel. A chegada de um filho, o início de período na faculdade e a idade são alguns dos exemplos. Porém, tal forma de pensar é errada. Afinal de contas, há outras questões mais relevantes envolvidas — e caso não sejam analisadas com atenção, em nenhum período da vida, vai ser possível realizar esse grande sonho.

Identificar o melhor momento para comprar um imóvel é um assunto sério, que pode influenciar sua vida. Mas não se preocupe, pois trouxemos algumas dicas que vão ajudar você a saber o timing certo para esse projeto! Continue acompanhando e confira! Boa leitura! 

Pesquise sobre a economia do país

Pesquise sobre a economia do país

Uma dica importante é tentar compreender o comportamento da economia nacional. O motivo de fazer isso é bem simples: esse aspecto pode acabar impedindo a conclusão dos passos seguintes. Aconteceu um exemplo há pouco tempo, quando o mercado imobiliário do Brasil foi afetado por uma crise financeira bem-forte.

Ocorreu um aquecimento do setor entre 2010 e 2013, seguido por uma queda bastante brusca de toda essa prosperidade. A consequência disso foi o aumento dos juros do financiamento, a grande desvalorização dos imóveis e a paralisação dos lançamentos imobiliários.

Assim, como era de se esperar, as pessoas que queriam adquirir uma propriedade acabaram desistindo desse sonho. Porém, em 2016, a economia nacional começou a mostrar sinais de recuperação, resultando, assim, no retorno dos investimentos em moradias.

Diante disso, a que conclusão podemos chegar? É bem melhor comprar um imóvel quando a economia está caminhando bem ou mal? Depende muito. Aquele que tinha uma ótima reserva financeira para adquirir um imóvel à vista no momento da crise acabou tendo muitas vantagens. Afinal de contas, os preços das moradias estavam extremamente baixos.

Já, para as pessoas que precisavam encarar um financiamento, a opção mais viável era esperar a crise passar e, com juros menores, adquirir seu imóvel. Então, é importante pesquisar bem sobre a economia do país para que você saiba se o momento é realmente favorável ou não.

Investigue sobre a variação de preços no mercado

Investigue sobre a variação de preços no mercado

É importante criar um perfil de apartamento que seja ideal às suas necessidades e pesquisar informações sobre a variação de preços em diferentes cidades, bairros e estados, em anos anteriores e neste. Você pode surpreender-se bastante com a diferença entre os valores praticados em um ou outro município.

É preciso entender que a valorização de moradias é o processo pelo qual o valor de mercado de imóveis comerciais ou residenciais aumenta em relação a um determinado custo inicial. Ele é ocasionado por mudanças no bem, no seu entorno ou, ainda, nas condições do mercado. 

A valorização imobiliária pode ser vista por meio do valor pelo qual uma propriedade é avaliada no mercado versus o preço de sua compra ou uma avaliação prévia. Sendo assim, é fundamental haver um histórico de preços para analisar a valorização ou a desvalorização.

Outro indicador da variação de valores são os índices construídos de maneira específica para esse fim. Eles agrupam informações de segmentos do mercado imobiliário, servindo, portanto, de referência em negociações do setor. Os principais deles são:

  • Índice FipeZap;
  • Índice Geral de Preços Imobiliários Comercial (IGMI-R);
  • Índice Geral do Mercado Imobiliário Comercial (IGMI-C).

Estude seu orçamento

Estude seu orçamento

Procure traçar um panorama da sua vida financeira. O ideal é fazer uma planilha com seus gastos, suas receitas e suas dívidas. Feito isso, tente entender o quanto da sua renda é consumido por mês e se você consegue comprometer alguma parte com a aquisição de um apartamento, sem se prejudicar.

Saiba que ter um planejamento financeiro é fundamental no momento de adquirir um imóvel. Dessa forma, você sabe o quanto pode comprometer de toda a sua renda em um financiamento, por exemplo. É importante fazer essa avaliação com muita atenção e calma e estudar os diferentes cenários, opções e cotações.

Caso seu orçamento esteja comprometido, tenha em mente que não é o momento de comprar o bem. Mas aí você deve estar se perguntando: o que fazer para organizar a vida financeira e realizar meu sonho de ter um apartamento? A dica aqui é seguir a antiga receita de começar a cortar gastos desnecessários e quitar todas as suas dívidas.

Poupe para a entrada do imóvel

Poupe para a entrada do imóvel

Ter um valor considerável para dar de entrada no imóvel é uma ótima estratégia para concretizar esse sonho. Mas quanto é necessário reservar? Esse valor vai sempre variar de acordo com a sua renda. Mas saiba ele que gira em torno de 30% do preço do apartamento. Contudo, vale lembrar-se de que há alguns programas de financiamento do governo que pedem somente 10%.

Então, caso você esteja de olho em um apartamento de 500 mil reais, a entrada vai custar 150 mil. Você achou a quantia muito alta? Acredite que o segredo é organizar as finanças e separar um valor todos os meses. 

Analise seu momento de vida 

Analise seu momento de vida 

Outro fator que vai mostrar quando comprar um apartamento é sua necessidade e seu momento de vida. Talvez você queira casar-se logo. Por isso, um lar próprio pode ser um dos seus objetivos. Além disso, é possível que você tenha um bebê a caminho e busque um imóvel com, pelo menos, dois quartos.

Você pode, ainda, querer morar sozinho e, claro, sair do aluguel, usando o valor para investir em um apartamento próprio. Reconhecer esses sinais é essencial não só para começar o seu processo de compra, mas para compreender o tipo de moradia que realmente vai suprir suas necessidades.

Sabemos que essa é uma decisão individual e muito especial. Para ajudar ainda mais a avaliar quando é a hora certa, preparamos um curto teste. Confira:

  • consegue ver-se morando no mesmo local durante 5 anos?
  • se acontecer algum imprevisto, e você perder sua fonte de renda, você vai conseguir pagar seu financiamento?
  • você está realmente pronto para assumir essa dívida e totalmente preparado, financeiramente, para arcar com ela durante os próximos 5 anos?

Você respondeu “sim” para a maioria das perguntas? Então saiba que é um bom indicativo de que está tudo favorável para você adquirir seu apartamento. Agora, se você ficou inseguro e com dúvidas, pode ser que você tenha que rever os pontos e fazer uma análise fria para saber se esse é o melhor momento para realizar esse investimento.

Seguindo as dicas que trouxemos aqui, você vai saber quando comprar um apartamento e realizar esse grande sonho. Um bom conselho é não esperar que todas as condições estejam completamente favoráveis, pois isso não é nada realista.

E aí, gostou das nossas dicas? Quer aproveitar a visita para aprender mais com nossos conteúdos? Então saiba também como comprar um apartamento sozinho!

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *