Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Quando vale a pena comprar um imóvel?

Quando vale a pena comprar um imóvel?

Existem diversas razões para se desejar comprar um imóvel. Seja para realização do sonho da casa própria, seja para fazer um investimento, a maioria das pessoas pensa ou já pensou em dar esse passo em algum momento da vida.

No entanto, esperar pela “hora de certa” pode fazer com que esse projeto seja adiado por mais tempo do que o necessário. Por isso, existe a necessidade de se entender muito bem quando vale a pena comprar um imóvel.

Neste post, listaremos boas razões para que você tome essa decisão, em quais oportunidades você deve ficar de olho e quais ações você deve tomar para estar preparado para não as perder. Enfim, tudo o que você precisa saber para fazer a hora certa chegar mais rápido para você. Então, continua a leitura e confira essas dicas imperdíveis!

Porque comprar um imóvel?

Motivos para a compra de um imóvel não faltam e nos tópicos a seguir você conhecerá os principais deles. Compreender essas razões é muito importante para nortear o seu objeto e não permitir que você desista dele, no meio do caminho. Vamos lá?

1. Construção de patrimônio

Mais do que um lugar para morar ou uma fonte de renda, a aquisição de um imóvel significa também a construção ou ampliação de patrimônio. Trata-se da aquisição de um bem concreto que poderá, até mesmo, ser passado de uma geração para outra. Ou seja, seus filhos, netos, bisnetos e outros parentes diretos poderão se beneficiar do seu investimento mesmo a muito longo prazo.

2. Segurança no investimento

Diferentemente de um carro, uma joia ou um eletroeletrônico de última geração, um imóvel não pode ser perdido ou roubado tão facilmente. A maioria das situações que poderiam levar a isso, como incêndios ou inundações, são cobertas por seguros. Além disso, a durabilidade do bem é muito superior à maioria dos exemplos citados.

3. Potencial de valorização do capital investido

Além da segurança do seu capital, ele ainda tem grandes chances de valorização, especialmente se você comprar o imóvel em períodos de baixa de preços ou em locais que estão em desenvolvimento, como bairros novos e empreendimentos recém-construídos ou, até mesmo, ainda na planta.

4. Possibilidade de geração de renda

O objetivo da compra de um imóvel não precisa ser necessariamente a moradia ou o seu uso para fins comerciais, como a abertura de um negócio presencial. É possível investir na compra do bem objetivando a sua locação. Desse modo, você adquirirá, na verdade, uma fonte de renda fixa, que se bem administrada, poderá se tornar ininterrupta e vitalícia.

5. Você livre do aluguel

Essa é a razão mais comum para a compra de um imóvel: a possibilidade de não precisar mais pagar aluguel. Além se ver livre de um fardo pesado que é a obrigatoriedade de ter aquele valor disponível todo mês para garantir um teto com um mínimo de conforto, o aluguel pago é também um dinheiro que não terá mais volta. No seu imóvel próprio, esse dinheiro poderá servir a uma nova finalidade, até mesmo, para outro investimento.

Qual a hora certa de comprar um imóvel?

Qual a hora certa de comprar um imóvel?

Antes de começarmos a falar sobre a famosa “hora certa” é preciso lembrar quem nem sempre todas as condições que veremos nos tópicos a seguir acontecerão simultaneamente. Se você esperar por isso, esse momento poderá nunca chegar para você. Basta que uma ou mais delas aconteçam para que você se considere diante de uma boa oportunidade para criar a sua hora certa. Combinado?

Então, vamos em frente!

1. Baixa na taxa básica de juros

Quando a taxa básica de juros, ou Selic, está em baixa é o momento ideal para os financiamentos. Mas tem oferece vantagens para quem tem o capital para a compra a vista, afinal, nesse cenário os rendimentos dos investimentos em renda fixa, por exemplo, caem consideravelmente, com os juros, tornando mais vantajosa a compra do bem.

Em 2021, por causa da pandemia de COVID-19, a taxa Selic atingiu o patamar mais baixo da série histórica, chegando a 2% e tornando o momento perfeito, quando vale a pena comprar um imóvel.

2. Variedade de ofertas de crédito

Com os juros mais baixos, as opções de crédito se tornam mais acessíveis. Desse modo, mesmo quem não tem o suficiente para arcar com o valor integral do imóvel, consegue adquirir o bem por meio de financiamentos.

3. Queda no valor dos imóveis

Em períodos de crise, quando a empregabilidade está comprometida e o poder de compra reduzido, é comum que o mercado passe a oferecer facilidades e preços mais competitivos. Esse é um excelente momento para a compra, em que o potencial de valorização do seu capital se torna ainda maior.

4. Aumento na oferta de imóveis

Ainda no mesmo cenário de crise do item anterior, é natural que com a redução da demanda, a oferta aumente. Com isso, além dos preços mais baixos, as opções aumentam com o seu poder de barganha fazendo desse momento, a hora certa para escolher os melhores imóveis mesmo com pouco dinheiro.

Como se organizar financeiramente para a compra de um imóvel?

Como se organizar financeiramente para a compra de um imóvel?

E agora que você já sabe quando vale a pena comprar um imóvel, precisa estar preparado para não deixar que qualquer uma dessas oportunidades passem sem que você tenha condições de as aproveitar, certo?

Para tanto, você só precisa seguir os passos a seguir. Acompanhe!

  1. Crie metas financeiras: não espere ter o suficiente para comprar o seu imóvel. Estabeleça isso como uma meta financeira com valor e prazo para realização e comece a criar meios de atingi-la;
  2. Mapeie suas receitas e despesas: saber quanto você ganha e quanto você gasta por mês é essencial para não gerar dívidas e conseguir poupar alguma coisa regularmente;
  3. Livre-se das dívidas: dívidas em atraso geram juros e multas e consomem boa parte da sua renda mensal, portanto, são as grandes vilãs do seu planejamento financeiro, ou da falta dele;
  4. Economize no dia a dia: é impressionante o quanto se consegue salvar de dinheiro cortando pequenas despesas que não eram nem notadas, como aquela assinatura da TV a cabo que você nem assiste mais porque usa agora sistemas on demand;
  5. Faça uma reserva financeira: ter um dinheiro guardado para as emergências é essencial, mas, porque não pensar uma reserva para oportunidades também?
  6. Busque fontes de renda extra: encontrar modos de encaixar orçamento e metas na renda mensal pode ser ainda mais desafiador sem fontes de renda extra, por isso, aquele desapego de roupas e utilidades que você não usa mais pode ser uma boa ideia, assim como aquela receitinha de família pode se tornar um negócio se explorada comercialmente. Por que não?

Como você pode ver ao longo deste post, tão importante quanto saber quando vale a pena comprar um imóvel é ter condições de aproveitar as oportunidades quando elas estão bem diante de você. Por isso, agora que você já sabe como as reconhecer, é hora de colocar a mão na massa e começar a se preparar para elas.

Dê só uma olhada neste post com dicas para ajudar você no seu controle financeiro pessoal e esteja sempre pronto para quando chegar o momento de comprar o seu imóvel!

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *