Vale a pena financiar com a construtora?

Vale a pena financiar com a construtora?

Para realizar o seu sonho de ter uma casa própria, você já considerou contratar um financiamento com a construtora? Sem nenhuma dúvida, para conseguir comprar o seu primeiro apartamento, o brasileiro recorre na maioria das vezes ao crédito imobiliário, sendo que negociá-lo diretamente com quem constrói o imóvel poderá proporcionar várias vantagens.

Uma delas é a maior facilidade de conseguir o financiamento, uma vez que os bancos restringem a concessão de crédito e impõem cada vez mais condições para emprestar dinheiro para adquirir a casa própria.

Caso você tenha se interessado por esse assunto, reunimos uma pequena lista com os principais benefícios que um financiamento com a construtora poderá lhe oferecer. Boa leitura!

Quais as vantagens de financiar com uma construtora?

Exigem menos pré-requisitos que algumas instituições financeiras

Muitas vezes, a exigência de muitos pré-requisitos pode impedir a concessão de financiamento por uma instituição bancária. Ainda mais em uma época em que existe uma escassez de crédito no mercado, em que bancos, como a Caixa Econômica Federal — que é um dos principais financiadores imobiliários do Brasil —, estão restringindo a concessão de novos financiamentos.

Ao obter um financiamento com a incorporadora, há uma menor burocracia, pois existe um maior interesse em aprovar o crédito, uma vez que o que ela mais deseja é realizar a venda. Já os bancos, para liberar os recursos, analisam diversos documentos para avaliar os riscos, principalmente em relação à comprovação de renda.

Ao financiar com a construtora, há menos exigência de pré-requisitos, o que torna o sonho da casa própria possível para um número maior de pessoas, principalmente no caso de clientes que não têm um relacionamento de longo prazo com alguma instituição bancária.

Têm mais agilidade no processo de aprovação

O financiamento direto com a construtora tem outro grande benefício: maior agilidade na análise e aprovação do crédito imobiliário, o que é essencial para quem não tem tempo a perder. Já as instituições financeiras, além de exigirem uma grande quantidade de documentos, também têm mais burocracia para aprovar o crédito, o que torna a aprovação mais demorada.

Como a incorporadora tem um grande interesse na venda e não há intermediários na negociação, ela faz o possível para facilitar a vida do cliente. Dessa forma, é exigido um número menor de documentos para dar mais agilidade ao processo, isso permite que as construtoras sejam mais eficientes na aprovação.

Oferecem condições facilitadas de pagamento

Ainda hoje, os bancos — sendo a Caixa Econômica Federal o líder de mercado — são os principais liberadores de crédito imobiliário no país. No entanto, mesmo que essas instituições ofereçam em alguns casos uma taxa de juros menor, as condições do financiamento não são as ideais.

As construtoras, por outro lado, oferecem condições facilitadas de pagamento para atrair os clientes que desejam comprar um imóvel. Por serem mais maleáveis, é possível dividir o valor da entrada e conseguir taxas de juros mais camaradas.

Outra grande vantagem do financiamento com a construtora, principalmente devido à sua maior flexibilidade, é que, caso o comprador comece a ter alguns problemas financeiros futuros, é mais fácil renegociar a dívida. Apesar de ser possível renegociar o financiamento com um banco, isso não é tão simples, pois a instituição é menos maleável.

Cobram juros menores

Dependendo do valor do imóvel, as taxas de juros cobradas pelas construtoras podem ser mais competitivas do que as oferecidas pelas instituições bancárias. Com isso, o valor total do imóvel sai bem mais em conta quando essa opção é escolhida.

No entanto, existe uma certa desvantagem dessa modalidade de crédito, que é o prazo. As incorporadoras permitem que o financiamento seja pago em no máximo 96 prestações. Enquanto nos bancos, existem financiamentos imobiliários que permitem o mutuário quitar sua dívida em até 420 prestações.

Contudo, isso não pode ser visto como desvantagem. Uma vez que, quanto menor for o tempo para quitar uma dívida, o valor pago em juros será inferior. Desse modo, ao financiar a realização do sonho da casa própria com a construtora, o comprador realizará um investimento menor.

Em quais situações o financiamento com a construtora é mais indicado?

Existe uma grande diferença entre a motivação de uma construtora e a de um banco em conceder um financiamento imobiliário. Enquanto a incorporadora tem o desejo de liberar o crédito para facilitar a venda do imóvel, a instituição financeira deseja diminuir seus riscos para obter o maior lucro.

Nesse cenário, muitas pessoas que não conseguem que o banco aprove o seu pedido de crédito recorrem a um financiamento com a construtora. Isso é o ideal para pessoas que possuem dificuldade em comprovar os seus rendimentos, como um profissional liberal ou autônomo.

Caso alguém deseja adquirir um imóvel utilizando um CNPJ (Pessoa Jurídica), é possível conseguir condições melhores com uma incorporadora, visto que as boas condições do Sistema Financeiro de Habitação (SFH) são oferecidas pelos bancos apenas às pessoas físicas.

Quais os prazos e as formas de pagamento?

Uma das maiores vantagens de contratar um financiamento com a construtora é a possibilidade de fazer a compra do apartamento na planta. Isso não é encontrado na maioria das instituições financeiras, as quais apenas liberam o crédito para a compra de um imóvel pronto.

Nessa situação, durante a construção do empreendimento, não é cobrado juros sobre o valor financiado. Entretanto, o saldo devedor sofre correções mensais utilizando o INCC (Índice Nacional de Custo da Construção).

Após o recebimento do apartamento, é cobrado uma taxa de juros mensal. Nessa situação, ocorre uma correção dos valores utilizando o IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado). Por empregar a tabela PRICE com o sistema de amortização da dívida, todas as prestações possuem o mesmo valor.

Financiar com a construtora oferece mais comodidade?

Como não há intermediários, a negociação é feita de forma mais simples e rápida, o que agiliza o processo e torna tudo menos estressante. Outro ponto a favor é o atendimento personalizado, que garante que o financiamento oferecido é o mais adequado para o seu perfil e possibilidades, o que pode evitar muita dor de cabeça no futuro.

Em um cenário em que a restrição na concessão de crédito imobiliário é uma realidade, saber que, além dos bancos, há outras possibilidades de conseguir financiamento para realizar o sonho de comprar a casa própria é importante. Pesquise e não deixe de consultar as condições oferecidas pelas construtoras antes de pedir um financiamento imobiliário.

Caso você tenha se interessado sobre as vantagens de contratar um financiamento com a construtora e deseja saber mais sobre como transformar em realidade o sonho da casa própria, não deixe de ler o nosso e-book sobre o tema. Ele é um guia definitivo que te ensinará a comprar o seu próximo apartamento. Até a próxima!

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

16 comentários em “Vale a pena financiar com a construtora?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *