5 dicas de como economizar no casamento

5 dicas de como economizar no casamento

O casal que está planejando a vida a dois tem muitas expectativas e planos, e um deles é com relação ao dia do esperado sim. Realizar a festa de casamento dos sonhos e do jeitinho que sempre desejou demanda muitos gastos, porém, com planejamento e organização é absolutamente possível economizar. Se você já está planejando o seu enlace matrimonial, confira as dicas espertas que preparamos de como economizar no casamento!

1. Alugue o vestido da noiva

Um dos momentos de maior expectativa em uma cerimônia de casamento é a chegada da noiva. Todos querem ver como será o vestido que ela está usando. E sabendo como esse momento é realmente muito especial, as mulheres buscam modelos marcantes e efetivamente belos.

O traje da noiva costuma ter um valor bem elevado e compromete boa parte do orçamento destinado à realização do casamento. Por isso, o melhor a fazer é buscar soluções mais econômicas.

Comprar um vestido ou mandar fazê-lo são as alternativas mais caras, para economizar no casamento o mais recomendado é alugar o vestido da noiva, que pode sair por menos da metade quando comparado com um modelo comprado.

Visitar várias lojas, provar diversos modelos com pelo menos um ano de antecedência do grande dia, aumentará as chances de conseguir bons preços. Sem contar que as lojas que trabalham com aluguel para festas, fazem todos os ajustes necessários para o vestido ficar perfeito no corpo da noiva. Não tenha medo, você arrasará na festa com um vestido alugado sim!

2. Invista no “faça você mesmo”

Muita gente tem optado pelo DIY ou faça você mesmo. A proposta é a própria pessoa usar sua criatividade para criar diversos itens. Para economizar no casamento isso é fantástico, pois além de reduzir os gastos, terá todo o charme de algo exclusivo e preparado com todo carinho.

É possível que os noivos façam os convites, os itens de decoração da festa, aquelas plaquinhas com frases divertidas usadas para tirar fotos e até mesmo a lembrancinha da festa podem ser no estilo faça você mesmo. Em uma rápida busca na internet há diversos tutoriais que explicam passo a passo dos mais variados itens.

3. Escolha uma época mais barata

A menos que você tenha uma data exata que planejou a vida inteira que seria o dia do seu casamento, é possível sim escolher uma data que ajude a poupar um dinheirinho. Até hoje o mês de maio é considerado o mês das noivas, se isso não é prioridade para você, escolha outro.

Em dias próximos a feriados prolongados os valores do cerimonial e buffet costumam aumentar também. Casar durante o dia ou em um domingo geralmente traz boa economia financeira.

4. Saiba como economizar no casamento através da contratação de bebidas consignadas

Quem está organizando a festa de casamento sempre fica com dúvida sobre a quantidade ideal de bebida. Afinal, nunca se sabe quanto cada convidado beberá. A medida que tem sido adotada por muitos casais é a compra de bebida consignada.

Funciona assim: você solicita de uma empresa uma quantidade x de bebidas, ao final da festa, o que não foi usado é devolvido e somente será pago o valor referente ao que foi consumido. É uma forma econômica, além de evitar sobras e desperdício.

5. Utilize as flores da estação

As flores são parte fundamental da decoração de uma festa de casamento. Mas dependendo da época que a cerimônia ocorrer, determinadas espécies estarão bem mais caras. Por isso, a dica é apostar em flores da estação, devido a maior produção, os preços estarão bem mais em conta e no final isso gerará uma boa economia. Outra dica é usar flores artificiais. Atualmente, é possível encontrar algumas que se parecem muito com as verdadeiras, porém com o valor mais baixo.

Gostaram das dicas de como economizar no casamento? Tem mais alguma para compartilhar com outros casais de pombinhos? Escreva nos comentários!

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

2 comentários em “5 dicas de como economizar no casamento”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *