5 dicas de planejamento financeiro para quem comprou um imóvel

5 dicas de planejamento financeiro para quem comprou um imóvel

Você finalmente saiu do aluguel, comprou o seu 1º apartamento e agora tem motivo de sobra para comemorar. Afinal, ficou para trás o tempo de ver o seu dinheiro indo embora sem construir patrimônio. Além do mais, morar no imóvel próprio traz mais autonomia e estabilidade.

Para preservar todas essas conquistas, o ideal, agora, é fazer (e seguir) um planejamento financeiro. Então vamos lá! Conheça as 5 dicas para controlar gastos e não enfrentar problemas na hora de pagar as parcelas do financiamento:

1. Priorize o pagamento do seu apartamento

Você teve um financiamento imobiliário aprovado. Portanto, comprovou que as parcelas do imóvel cabem no seu salário. A sua meta, daqui para a frente, precisa ser manter o compromisso em dia, a fim de evitar transtornos.

A 1ª ação nesse sentido é definir como prioridade separar a quantia destinada à parcela mensal. Assim, nada de utilizar esse dinheiro em outras despesas, OK?

2. Deixe as finanças sempre em ordem

Você deve ter clareza sobre ganhos e gastos para seguir com a vida financeira organizada e pagar tranquilamente pelo seu apartamento. Por isso, estabeleça um orçamento realista, que inclua todas as entradas e as saídas mensais.

Outra medida para não bagunçar seu planejamento financeiro consiste em controlar o uso do crédito, recorrendo ao cartão e ao cheque especial somente quando for realmente indispensável.

3. Acompanhe as despesas periodicamente

Seguir um orçamento e controlar os gastos exige rigor e acompanhamento constantes. Só essas posturas são capazes de eliminar o risco de surpresas desagradáveis relacionadas à utilização dos recursos financeiros.

Portanto, registre em uma planilha ou em um aplicativo toda a movimentação do seu dinheiro. Lance cada despesa que você tem em um período, não deixando nada de fora.

Desse modo, você vai poder visualizar com rapidez as situações que precisam ser ajustadas, caso ocorram.

4. Poupe e invista o seu dinheiro

Seguir à risca o seu orçamento, controlar os gastos com mão firme e poupar tudo que for possível é minimizar o perigo de tropeços financeiros.

Coloque, então, formar uma poupança entre seus objetivos. Você pode começar com qualquer valor, o importante é criar o hábito de guardar para o futuro.

Se você acredita ser difícil fazer isso por estar com o orçamento apertado, pense na possibilidade de cortes e reduções.

Cada real economizado pode (e deve) ser convertido em investimento, pois dinheiro aplicado fica protegido da inflação e não é gasto no dia a dia.

5. Faça uma reserva de emergência

Aqui, a ideia é guardar dinheiro suficiente para fazer frente a imprevistos que diminuam a renda ou que aumentem as despesas, como desemprego e problemas de saúde.

Estar preparado para essas situações pode significar não ter que atrasar a prestação do seu apartamento.

O ideal é que tal reserva tenha o valor equivalente a 3 meses do seu salário. Também, lógico, somente seja usada em circunstâncias urgentes.

O seu planejamento financeiro vai te ajudar a manter as prestações do apartamento sempre em dia. Além disso, organizar e controlar o uso do dinheiro resulta em uma saudável relação com as finanças. Com isso, fica simples manter as atuais conquistas da sua vida e alcançar muitas mais!

Mantenha-se por dentro de outras dicas úteis como essas: siga-nos no Facebook, Google+, Twitter, YouTube, Instagram, Flickr e LinkedIn!

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *