5 dicas para fazer um planejamento financeiro pessoal

5 dicas para fazer um planejamento financeiro pessoal

Quem tem planos de comprar seu apartamento tem a obrigação de contar com uma ferramenta extremamente eficiente na hora de poupar dinheiro: o planejamento financeiro pessoal. Organizar suas receitas e despesas é o caminho para chegar ao fim do mês sem a preocupação de ver um saldo negativo na sua conta. No artigo de hoje, trouxemos 4 dicas que vão te ajudar nesse processo fundamental para a realização do sonho da casa própria. Vamos lá?

Faça uma planilha do planejamento financeiro pessoal

Trabalhe com números. Procure saber tudo que você ganha, não apenas o salário bruto do seu emprego ou pró-labore da sua empresa, mas também outros bicos e rendas fora do seu horário de trabalho. Depois de apurar as receitas, analise bem todos os seus gastos: aluguel, parcela do carro, combustível, faculdade, escola dos filhos, etc., e ponha tudo em uma planilha, preferencialmente num software próprio, como o Excel ou o Calc. Vale fazer uma para cada mês e, para não perder o controle, ir marcando as despesas à medida que você for pagando. Fique ligado na relação básica do planejamento financeiro pessoal: suas receitas devem ser maiores que suas despesas.

Pague a si mesmo primeiro

Essa é a principal lição para qualquer pessoa que queira poupar dinheiro. O primeiro valor a ser desembolsado assim que seu salário cair na conta deve ser com você mesmo. Mas não estamos falando de comprar um celular ou uma roupa nova. Estabeleça um percentual de seus rendimentos e abra uma conta com a finalidade de guardar esse dinheiro. O ideal é que o valor a ser destinado mensalmente seja de 10% dos seus ganhos, mas, caso os gastos estejam altos, comece com 5%. Se está realmente difícil, fixe em 1%! O importante é não deixar de poupar.

Tenha uma meta (e em números)

O apartamento dos seus sonhos deve ser trazido à realidade aos poucos. Pesquise os valores do imóvel que você deseja e trabalhe o seu planejamento financeiro pessoal para alcançá-los. Informe-se a respeito de entradas e sinais necessários para concretizar a compra. A base do seu esforço é a meta que você fixar, sejam os 30 mil reais da entrada ou os 300 mil do pagamento à vista.

Sempre verifique seu extrato bancário

Antigamente, era difícil estar atualizado com a conta bancária. Você precisava se dirigir a uma agência, pegar uma fila e gastar um tempinho para ver o seu extrato e checar as entradas e saídas. Hoje, com o surgimento do internet banking, qualquer dispositivo com acesso à internet pode te mostrar o andamento da sua conta. Fique sempre de olho nesses números e compare-os com a planilha do seu planejamento financeiro pessoal. Ter controle é a atitude básica para o sucesso dos seus objetivos.

Procure aprender sobre educação financeira

Fazer o dinheiro trabalhar para você vai te fazer alcançar o seu apê ainda mais rápido. Abrir uma poupança para guardar o dinheiro é legal, mas apenas no começo. Quando você tiver acumulado uma boa quantia, vale a pena procurar outras formas de investimento que vão te render mais e encurtar o caminho até a realização do seu sonho. Mas cuidado com os investimentos de alto risco! Sempre com o pé no chão, ok?

Comprar seu apartamento não é difícil. Seguir as dicas que apresentamos aqui já é um passo fundamental, afinal, dinheiro é uma preocupação de todos e é o principal ingrediente da receita do seu imóvel.

Ainda tem dúvidas ou conhece alguma dica bacana para ajudar no planejamento financeiro? Deixe um comentário pra gente e compartilhe!

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

3 comentários em “5 dicas para fazer um planejamento financeiro pessoal”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *