5 melhores práticas para melhorar seu controle de gastos pessoais

5 melhores práticas para melhorar seu controle de gastos pessoais

Poucas pessoas têm o hábito de realizar um bom controle de gastos pessoais. No Brasil, os conceitos de organização financeira ainda não integram os costumes de grande parte da população, e este é um dos motivos pelos quais nosso país tem uma das mais altas taxas de inadimplência do mundo.

Sendo assim, controlar os gastos pessoais não pode ser encarado como um mero capricho, mas sim como uma prática comum. Com ele, é possível se planejar para melhorar a qualidade de vida de sua família ou comprar um apartamento, por exemplo.

Portanto, neste conteúdo mostraremos 5 dicas úteis de controle de gastos pessoais para você aplicar em sua vida financeira. Quer saber mais sobre o assunto? Então acompanhe a leitura do artigo!

1. Anote todos os gastos

Para obter controle de seu dinheiro, o primeiro passo é anotar todas as suas despesas mensais, pois esse é melhor caminho para identificar quanto e, principalmente, com o que você está gastando seus recursos financeiros. A tarefa por si só é bem simples, mas muito eficiente para o sucesso pessoal.

Pois bem, é imprescindível ter rigorosidade neste processo e anotar todo e qualquer gasto que integrar sua lista de despesas do mês, inclusive o cafezinho que você toma depois do almoço e o troco do supermercado que seus filhos utilizam para comprar doces.

Por menor que as despesas possam parecer, você vai se surpreender com o valor que podem atingir quando somadas, gerando grandes impactos no final do mês e impedindo que você invista o dinheiro em algo importante.

Outra dica interessante é desenvolver o hábito de sempre anotar os gastos antes de alguma atividade relevante, como o jantar, por exemplo.

Estamos falando em sempre se programar com antecipação, pois esse costume é uma ferramenta valiosa na hora de evitar gastos desnecessários. Falaremos mais sobre isso no próximo tópico.

2. Reduza os gastos desnecessários

Todos temos direito de utilizar uma parte de nossas rendas para lazer e atividades relaxantes. Afinal, focar somente em trabalho pode ser prejudicial à saúde do corpo e da mente. No entanto, é preciso avaliar até que ponto seu dinheiro está sendo utilizado com sensatez.

A dica anterior — sobre anotar todos os gastos — se mostra muito útil na hora de identificar o nível de relevância das despesas mensais. Muitas vezes, por falta de cuidado ou atenção, você pode estar passando um aperto financeiro sem necessidade.

Dito isso, é fundamental ficar atento aos gastos desnecessários. Ou seja, aqueles que podem ser eliminados, já que não têm relação com as necessidades inadiáveis de sua família. Se um item não é indispensável, pense se ele realmente precisa ser comprado.

Ainda nesse contexto, repense suas prioridades sobre a utilização do cartão de crédito. As consequências de atitudes equivocadas nesse aspecto podem ser muito sérias. Sempre que possível, faça compras à vista.

3. Estabeleça quais são suas prioridades

Uma ótima forma de aumentar seu controle de gastos pessoais é estabelecer seus objetivos e prioridades. Ao definir uma razão pela qual valha a pena controlar a entrada e saída de dinheiro mensalmente, como a compra de um apartamento, será muito mais fácil abrir mão de gastos desnecessários e poupar recursos.

Almoçar fora com a família no final de semana é de fato uma atividade prazerosa, mas será que é realmente necessário repeti-la todas as semanas? O mesmo se aplica aos mais variados espectros de sua vida pessoal, como a compra de roupas, a troca de um celular ou até mesmo uma viagem.

Pensar com o bolso proporciona a oportunidade de acumular uma reserva de emergência. Assim, por mais que possam acontecer acidentes ou imprevistos, quando se tem total controle dos gastos pessoais, você não sentirá impactos tão negativos a ponto de comprometer suas metas.

Vale destacar que criar uma reserva financeira para emergências pode ser bastante estimulante no que se diz respeito ao desenvolvimento de hábitos para economizar dinheiro. Por meio dela, evitam-se gastos desnecessários e fica mais fácil alcançar seus objetivos.

4. Envolva sua família no planejamento financeiro

Se você mora com mais pessoas, não deixe de envolvê-las em seu planejamento de controle de gastos pessoais. Colocar a situação em uma perspectiva mais ampla se revela uma ótima oportunidade para que surjam ideias sobre gastos que podem ser eliminados e formas de economizar.

Além disso, se todos os integrantes da família têm um grande objetivo em comum, como sair do aluguel, por exemplo, não há por que deixá-los de fora dessa empreitada, não é mesmo?

5. Utilize uma ferramenta tecnológica para controle de gastos pessoais

Para concluirmos este conteúdo, nossa última dica para controle de gastos pessoais é utilizar o auxílio da tecnologia. Hoje em dia, existem diversos aplicativos desenvolvidos especificamente para controle de finanças pessoais e empresariais.

Considerando que seu smartphone sempre estará no bolso, aonde que você vá, um app de controle financeiro será muito útil para anotar os gastos que surgem no decorrer do dia, como o tal do cafezinho depois do almoço.

O software permitirá que você registre todos os gastos ao longo do mês, somando-os automática e progressivamente e permitindo que você tenha acesso a essas informações a qualquer hora e em qualquer lugar.

Por fim, se você não se sente familiarizado em lidar com um aplicativo para controle de gastos pessoais, não descarte a ideia de utilizar a velha e eficiente planilha. Desde que você tenha a disciplina de anotar todos as despesas do mês, uma planilha pode ser tão eficaz quanto um aplicativo.

Como você pôde conferir neste artigo, o controle de gastos pessoais é um hábito que deve ser trabalhado diariamente. No começo pode ser um pouco incômodo mudar a sua rotina e abrir mão de algumas despesas com as quais você já está habituado a lidar, mas à medida que seu patrimônio é ampliado, a tendência é esse processo se tornar natural.

O nosso conteúdo sobre como melhorar o seu controle de gastos pessoais foi útil para você? Então curta a nossa página no Facebook, acompanhe as maiores novidades e se mantenha atualizado sobre o mercado imobiliário!

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *