Décimo terceiro: aprenda a usar e faça seu dinheiro render!

Décimo terceiro: aprenda a usar e faça seu dinheiro render!

Todo mundo gosta de receber um dinheiro a mais para complementar o orçamento, não é mesmo? Porém, quando isso acontece, como no recebimento do décimo terceiro, muitas pessoas ficam tentadas a fazer despesas extras que nem sempre são necessárias.

Para obter o sucesso financeiro, o ideal é usar o décimo terceiro com inteligência e planejamento, destinando esse dinheiro a finalidades capazes de gerar algum retorno no futuro, em vez de simplesmente torrar toda essa verba em gastos supérfluos.

Pensando em ajudá-lo a planejar a melhor maneira de usar o seu décimo terceiro salário, fazendo com que ele renda bons frutos, elaboramos este post. Nele você entenderá o que é a gratificação, uma vez que é importante planejar bem o seu destino e quais são as melhores formas de aplicá-lo. Confira!

O que é o décimo terceiro?

O décimo terceiro salário é uma bonificação que foi sancionada nos anos 60, dando a todos os funcionários que trabalham com carteira assinada, o direito ao recebimento da soma de 1/12 do salário para cada mês trabalhado no ano. Por exemplo, se o empregado trabalhou durante 3 meses, ele receberá 3/12 de salário como décimo terceiro.

A gratificação deve ser paga pelo empregador em duas parcelas. Sendo que a primeira deve ser paga até o dia 30 de novembro, enquanto a segunda parcela precisar ser quitada até 20 de dezembro de cada ano. Alguns sindicatos estipulam em seus acordos coletivos uma data obrigatória para o pagamento da primeira parcela, que pode ser em qualquer mês do ano.

A primeira parcela é equivalente a 50% do valor devido como décimo terceiro pelo empregador. Já na segunda parcela são pagos os outros 50%, porém, com o desconto de impostos e encargos como o pago ao Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) e o Imposto de Renda (IR).

Seja trabalhador rural, seja urbano, seja doméstico, seja aposentado ou pensionista do INSS, todos aqueles que estão ou estiveram com a carteira assinada em algum momento da vida têm direito ao décimo terceiro.

Por que planejar o destino desse dinheiro extra?

Por se tratar de um dinheiro extra é muito fácil imaginar que ele deve ser gasto aleatoriamente e sem objetivos específicos. Porém, o décimo terceiro é uma excelente oportunidade de investir. Para isso, é necessário que a sua utilização seja planejada desde o início do ano, inclusive, para que os gastos extras das férias e festas de final de ano não sejam os grandes vilões responsáveis pelo extermínio do seu benefício.

Para atingir a independência financeira é muito importante incluir no seu planejamento anual uma verba para emergências e para a quitação de dívidas com juros altos e, ainda, prever despesas extras como as do final de ano e aquelas que vem no comecinho do ano e que podem levar você a um endividamento desnecessário.

Para quais finalidades o décimo terceiro pode ser utilizado?

A grande maioria das pessoas utiliza o décimo terceiro para as compras de natal ou bancar as viagens de férias. Porém, esse tipo de gasto pode ser planejado durante o ano para que a gratificação seja utilizada para finalidades mais seguras. Veja, nos tópicos a seguir, algumas das principais delas.

Quitar dívidas com juros altos

As dívidas de empréstimos, cheque especial e cartões de crédito, por exemplo, são as grandes vilãs da saúde financeira de qualquer pessoa. No entanto, saiba que a quitação antecipada de empréstimos e propostas para liquidação de dívidas de cartão e cheque especial viabilizam uma série de descontos e, até mesmo, o perdão de parte de juros.

Portanto, se você tem esse tipo de dívida, a melhor finalidade para o seu décimo terceiro é a quitação delas. Além da economia gerada pelos descontos, ainda trará um grande alívio para orçamento mensal do ano que se iniciará.

Pagar as despesas extras do início do ano

O ano chega trazendo diversos gastos extras como o IPTU, IPVA, material escolar, sem contar com as férias escolares que trazem despesas extras para manter as crianças entretidas. Guardar o décimo terceiro salário recebido no final do ano para usar no pagamento dessas despesas é uma ótima maneira de fazer economia.

Por exemplo, o IPTU quando pago em cota única no mês de janeiro tem um bom desconto em relação ao pagamento dele parcelado. O mesmo acontece com os materiais escolares, que quando pagos à vista, dão margem para melhor negociação de preços com as lojas.

Fazer uma reserva para emergências

Muitas coisas inesperadas podem acontecer independentemente da nossa vontade. Um problema no carro, um eletrodoméstico que quebra, uma doença mais séria e ninguém quer ser obrigado a se endividar para resolver esse tipo de coisa.

Por isso, manter uma reserva financeira de fácil acesso — por exemplo, em uma caderneta de poupança ou algum investimento de fácil liquidez — é uma excelente alternativa para solucionar esse tipo de problema sem passar por dificuldades maiores. Então, aproveite o seu décimo terceiro e crie essa reserva para emergências.

Viabilizar a compra de um imóvel

O investimento na conquista de objetivos é uma das finalidades mais interessantes para o décimo terceiro salário. Se você já tem um imóvel para moradia, a compra de um segundo bem para transformar em um ativo que garanta uma renda fixa mensal extra é uma excelente ideia e, se você ainda não tem a sua casa própria, essa pode ser uma excelente oportunidade de sair do aluguel e comprar o seu primeiro apartamento.

Por isso, aproveite a sua gratificação anual para complementar o pagamento da entrada de um imóvel ou, até mesmo, antecipar parcelas de um financiamento imobiliário já em curso. Existem algumas construtoras e encorporadoras que oferecem, inclusive, a opção de pagamento da entrada em até 60 vezes, o que já tornaria viável utilizar somente o décimo terceiro para dar início ao financiamento de um imóvel.

Como você pode ver ao longo deste post, o décimo terceiro pode (e deve!) ser utilizado para diversas finalidades capazes de beneficiar o seu futuro, como livrar você de dívidas, ajudar a pagar as despesas extras de início de ano, criar uma reserva de emergências ou, ainda, pode ser transformado em um ativo como um imóvel.

E agora que você já sabe como usar o seu décimo terceiro salário fazendo o seu dinheiro render, siga-nos no Facebook e no Twitter e receba muito mais conteúdos úteis como este!

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *