Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Tabela Price como funciona?

Tabela price: como funciona?

O processo de aquisição de um imóvel pode ser um pouco confuso para quem não está familiarizado com o mercado imobiliário, sobretudo quando pensamos em um financiamento habitacional e todos os trâmites que o envolvem. Diante desse contexto, descobrir o que é Tabela Price e como ela funciona pode ser muito importante.

Esse é um dos sistemas de amortização mais populares no Brasil e tem características bem peculiares, que podem fazer com que seja uma escolha mais recomendável para alguns perfis e não tão vantajosa para outros. Quer aprender mais sobre o tema? Então, não deixe de conferir este post!

Afinal, o que é um sistema de amortização?

Um sistema de amortização nada mais é do que a forma pela qual um devedor escolhe para abater a sua dívida ao longo do tempo, com pagamentos periódicos e dentro dos prazos previstos com o credor. No caso dos financiamentos de imóveis, pelo menos no Brasil, existem duas opções: a tabela Price e o SAC (Sistema de Amortização Constante).

Surpreendentemente, por mais que essas opções sejam tradicionais e bastante conhecidas no mercado, nem sempre as pessoas sabem como elas funcionam e qual a melhor escolha. No entanto, é muito importante aprender sobre o tema, pois o sistema de amortização influencia nas prestações e até no preço final da aquisição.

Tabela Price como funciona?

Tabela Price como funciona?

Agora que você já está mais familiarizado com o conceito de sistema de amortização, podemos falar mais detalhadamente de um deles, que é a tabela Price. Também conhecida como “Sistema Francês de Amortização”, a sua característica mais marcante é a de proporcionar parcelas com o mesmo valor até o final do financiamento.

Para que isso seja viável nesse modelo de pagamento, as primeiras prestações são compostas, na maior parte, por juros. Conforme o tempo vai passando, os juros vão diminuindo e o valor de amortização aumenta, mantendo a parcela sempre igual. Em resumo, o que aparece no seu boleto não muda, o que muda é a composição dele.

Como é o cálculo de parcela na tabela Price?

Se você ainda ficou em dúvida de como funciona a tabela Price, vamos trazer um exemplo prático. Quando você resolve financiar uma casa, apartamento ou qualquer tipo de propriedade, o banco ou financeira concede o crédito para a compra e você vai pagando mensalmente, por meio de parcelas, correto?

Para ilustrar, vamos supor que o imóvel custou 450 mil Reais e a taxa de juros foi de 1%, para pagar em 60 meses. Assim, a primeira prestação é de 12 mil (7.500 de amortização e 4.500 de juros). No segundo mês, o valor a amortizar é menor. Os juros, portanto, seriam de 4.430 e, para completar os 12 mil da parcela, que sempre se manterão, a amortização é de 7.570.

Quais as vantagens e desvantagens da Tabela Price?

Quais as vantagens e desvantagens da Tabela Price?

Você já sabe o que é um sistema de amortização, entendeu melhor como funciona a tabela Price e teve até um exemplo prático de como esse modelo impacta as parcelas mensais. Para complementar, vamos mostrar algumas das vantagens e desvantagens de quem opta por essa alternativa no financiamento. Acompanhe.

Prestações sempre iguais

Uma das vantagens e principais características da tabela Price é que as prestações, como você pôde ver acima, são sempre iguais, do começo até o final do financiamento. O lado bom disso é que você sabe quanto dinheiro terá que gastar a cada mês, independentemente do que aconteça, até se livrar completamente dessa dívida.

Com isso, basta se preocupar apenas em cumprir seu compromisso mensal, sem medo de ser surpreendido com cobranças adicionais de reajustes ou despesas que poderiam abalar o seu planejamento. Com essa regularidade, você pode tomar decisões com muito mais segurança, sem a necessidade de reservar qualquer quantia excedente.

Possibilidade de antecipação

A possibilidade de pagamento antecipado é outro dos benefícios de quem opta pela tabela Price. Isso é muito vantajoso se pensarmos que, ao longo de um período tão extenso quanto o do pagamento de um financiamento, que pode durar décadas, é bem possível que você seja promovido, obtenha capital extra ou mais lucros no seu negócio.

Caso você conquiste sua independência financeira ou tenha uma receita adicional, você pode antecipar prestações e, dessa maneira, conseguir descontos bem interessantes. Em geral, isso costuma ser feito com as parcelas finais e não as subsequentes daquela que você está quitando. Com isso, quando você menos esperar, seu saldo já foi pago e sua dívida acaba.

Taxa de juros mais elevada 

Nem só de pontos positivos vive quem dá preferência para a tabela Price como sistema de amortização de parcelas do financiamento. Uma das grandes desvantagens dessa opção é que a taxa de juros tende a ser mais elevada, pois há uma cobrança de alíquotas mais altas aplicadas ao montante inicial do empréstimo, nas primeiras prestações.

Com isso, no final das contas, o valor total quitado acaba sendo bem maior do que o do crédito que você obteve. O prazo mais longo também pode apresentar mais riscos para o comprador, sobretudo para quem tem uma fonte de renda menos estável. Se você perder o emprego ou contrair outras dívidas, pode ser mais difícil se manter adimplente no final.

Qual é a melhor opção para você?

Um dos grandes erros que algumas pessoas cometem é o de achar que existe um sistema de amortização que é absolutamente melhor do que o outro. O fato é que essa escolha depende de uma série de fatores, características e preferências de quem pretende fazer o financiamento e saber disso é essencial para optar pela melhor alternativa.

A tabela Price pode ser interessante para quem tem estabilidade de emprego ou conta com a perspectiva de receber mais capital nos próximos anos. Já o SAC pode ser um caminho interessante para quem não tem tanta segurança e deseja se livrar de boa parte da dívida no começo, para não se arriscar a ficar inadimplente no futuro.

Gostou de aprender como funciona a tabela Price? Quer aumentar os seus conhecimentos sobre o assunto? Então, que tal conferir nosso outro post do blog que falar sobre o que é a tabela Price?

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *