Utilizamos cookies e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Programa Casa Verde e Amarela: tudo que você precisa saber!

Programa Casa Verde e Amarela: tudo que você precisa saber!

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) criou o Programa Casa Verde e Amarela para ajudar milhares de brasileiros a realizarem o sonho da casa própria

Por ser uma novidade, poucas pessoas sabem como o programa funciona, quais são seus benefícios e como ele se diferencia do Minha Casa Minha Vida.

Quer entender um pouco mais e descobrir se você se encaixa no perfil para participar do Programa Casa Verde e Amarela?

Continue a leitura!

O que é o Programa Casa Verde e Amarela?

O Programa Casa Verde e Amarela  tem como principal objetivo  oferecer moradias de  qualidade para a população, através de juros reduzidos e alterações na remuneração dos agentes financeiros.

A meta inicial do programa é disponibilizar financiamento habitacional com juros reduzidos para atender até 1,6 milhões de famílias de baixa renda até 2024. 

Como o financiamento imobiliário do programa funciona?

Nas regiões Norte e Nordeste, a redução das taxas de juros será um pouco maior: 

  • taxas reduzidas em até 0,5 ponto percentual para famílias que possuem renda mensal de até R$2.000,00;
  • taxas reduzidas em até 0,25 ponto percentual para quem possui renda mensal entre R$2.000,00 e R$2.600,00.

Ainda para as regiões Norte e Nordeste, os juros poderão chegar a até 4,25% ao ano para contribuidores do FGTS.

Nas outras regiões do país, os juros poderão chegar a até 4,5% ao ano.

Quais são as vantagens oferecidas pelo Programa Casa Verde e Amarela?

O Programa Casa Verde e Amarela vai muito além do financiamento habitacional que muitos pensam. Através dele, muitos brasileiros conseguirão:

  • financiamento habitacional;
  • regulamentação fundiária;
  • melhorias nas residências.

Uma das metas do programa é, até 2024, conseguir regularizar até 2 milhões de moradias e atuar em melhorias em outras 400 mil.

Como participar do Programa Casa Verde e Amarela?

Para participar do Programa Casa Verde e Amarela, é fundamental que você esteja dentro da faixa salarial descrita anteriormente: até, no máximo, R$2.600,00 ao mês.

Além disso, será necessário aguardar pela publicação dos primeiros editais, que ainda não foram disponibilizados mas estão previstos para 2020

As propostas do programa serão analisadas pelos conselhos curadores do FGTS e do FDS (Fundo de Desenvolvimento Social).

Como funcionará a regularização e as melhorias dos imóveis?

Além do financiamento habitacional, o programa Casa Verde e Amarela também auxiliará na regularização fundiária e melhoria habitacional.

Regularização fundiária

A regularização fundiária vem para formalizar e dar o título de propriedade sobre o lote das famílias que possuem renda de até R$5mil mensais e que vivem atualmente em áreas  urbanas informais. 

Através dessa vertente do projeto será possível reduzir os conflitos fundiários, conquistar segurança jurídica, estimular a formalização das empresas e o aumento de pessoas que possuem patrimônio imobiliário no Brasil. 

É importante pontuar, no entanto, que o projeto não inclui imóveis que se encontram em área de risco ou que não são passíveis de regularização.

Melhoria habitacional

A melhoria habitacional prevê reformas e ampliação de imóveis já existentes. Dentre as possibilidades de atuação, estão: construção de quarto extra, reformas nos banheiros, mudanças e instalações elétricas e hidráulicas, construção de telhado, colocação de pisos e acabamentos.

Essa modalidade busca aproveitar os valores já investidos pelas famílias em suas residências, e dar a elas o suporte necessário para melhorar o espaço e aumentar a qualidade de vida.

Para participar da melhoria habitacional, é necessário que o proprietário:

  • tenha renda mensal familiar de até R$5.000,00;
  • tenha o CadÚnico do Governo Federal;
  • não possua outro imóvel no país;
  • seja maior de 18 anos ou emancipado.

Qual a diferença entre o Minha Casa Minha Vida e o Programa Casa Verde e Amarela?

Uma dúvida muito comum é a respeito das diferenças entre o novo programa Casa Verde e Amarela e o tradicional Minha Casa Minha Vida. 

A principal mudança é sobre a abrangência. O MCMV atua apenas na produção habitacional. O programa Casa Verde e Amarela, por sua vez, atua com a produção habitacional, regularização fundiária e melhoria habitacional.

Para te ajudar a identificar as diferenças mais expressivas entre esses dois programas, criamos quadros comparativos por temas.

Como os programas atendem a população

Como os programas atendem a população

Taxas de juros

Taxas de juros

O programa Casa Verde e Amarela ainda não possui editais disponíveis para inscrição. No entanto, a previsão é de que esses editais sejam liberados ainda em 2020.

A proposta é construir novas moradias, melhorar as já existentes e ajudar milhares de famílias a regularizarem sua situação fundiária.

Enquanto os editais não estão disponíveis, que tal descobrir como e quanto você consegue financiar, atualmente, com sua renda mensal? Criamos um conteúdo que irá norteá-lo, para que você se planeje e consiga realizar o sonho da casa própria: Quanto posso financiar com minha renda? Descubra agora!

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *