4 erros que você não deve cometer ao comprar imóveis na planta

4 erros que você não deve cometer ao comprar imóveis na planta

Comprar o primeiro imóvel é o sonho de muitos brasileiros. Enquanto alguns recorrem a empréstimos, outros preferem poupar dinheiro por um determinado tempo para comprar à vista. Por fim, há ainda a opção de comprar imóveis na planta por meio dos financiamentos das construtoras.

Do planejamento à aquisição, comprar imóveis na planta pode ser algo que traz bastante satisfação ou se torna um verdadeiro desastre. Muitos interessados nas oportunidades imobiliárias lançadas no mercado acabam deixando de lado uma série de verificações que deveriam começar já no primeiro contato no estande da construtora e ir até a visitação do imóvel. Mais adiante, essa falta de cuidado pode levar a surpresas nada agradáveis.

Quer saber em que você deve ficar de olho na hora de comprar imóveis na planta? Confira a seguir os 6 principais erros que jamais devem ser cometidos nesse processo!

1. Desconhecer o histórico da construtora

Você é daquelas pessoas que ficam ansiosas para assinar o contrato e se esquecem de realizar uma boa pesquisa sobre a reputação da empresa no mercado imobiliário? Pois saiba que está correndo um grande risco de ficar no prejuízo, ou pior, sem imóvel: o mercado imobiliário é cheio de construtoras sem reputação.

Os incômodos podem ser inúmeros: apartamentos que não são entregues; imóveis que demoram anos para serem finalizados; emprego de materiais de qualidade inferior na construção que levam a rachaduras, fissuras e tantos outros problemas estruturais. Além disso, ainda há aquelas empresas que apresentam diferenças entre a metragem apresentada na planta e o tamanho final do imóvel.

Portanto, para não cair nesses tipos de armadilha, faça uma boa pesquisa de mercado, mapeie todos os empreendimentos que têm uma boa reputação, verifique pessoalmente as obras que estão em andamento e aquelas que já foram concluídas e entregues. Se tiver a oportunidade, converse com alguém que adquiriu um imóvel da construtora na planta para verificar se a experiência foi positiva ou negativa.

2. Não visitar o terreno

O erro de muitas pessoas ao comprar imóveis na planta é exatamente esse: depois de fechar contrato e esperar a obra ser iniciada ou mesmo finalizada é que se preocupam em conhecer o local. Alguns se familiarizam logo de cara, outros acabam vivendo um verdadeiro pesadelo.

Visitar o terreno é premissa básica para quem deseja comprar imóveis na planta. Verifique em que bairro o prédio será construído, valor médio do IPTU, segurança, proximidades com farmácias, supermercados e hospitais, risco de alagamento, liquidez dos imóveis do bairro, entre tantos outros pontos.

Pense que, ao comprar imóveis na planta, você precisa estar acostumado com o local, ou a sua experiência de residir no imóvel pode ser muito desagradável. A nossa dica aqui é: faça uma boa vistoria no terreno que será erguido o prédio, bem como nos arredores da construção.

3. Fazer uma reserva ou dar um sinal por impulso

Se você não seguiu os dois passos anteriores e já foi logo querendo reservar seu futuro imóvel ou mesmo dar uma entrada para iniciar o processo de compra, saiba que existem grandes chances de estar agindo por impulso.

Existem muitas formas de se resguardar desse tipo de engano e você não deve, em hipótese alguma, acreditar que o seu futuro imóvel é aquele que está desenhado na planta. Em uma conversa casual no plantão da construtora, talvez você tenha a impressão de que está tudo muito bem e assegurado, mas, antes de fechar negócio, você deve tomar os seguintes cuidados:

  • ao realizar a visitação ao futuro imóvel, leve um pedreiro ou um engenheiro de confiança para dar uma avaliação técnica sobre a construção;
  • consulte órgãos como o Procon para avaliar a satisfação dos consumidores com a construtora;
  • se não for possível conversar com moradores, procure o síndico de um dos imóveis prontos da construtora e cheque a satisfação com o empreendimento;
  • verifique também os registros do imóvel e da construção na prefeitura.

Como pode ver, antes de se empolgar e correr o risco de entrar em uma cilada, procure se cercar de cuidados que lhe trarão tranquilidade antes de fazer uma reserva ou dar um sinal para a compra de seu futuro imóvel.

4. Desconsiderar taxas, impostos e inflação ao comprar imóveis na planta

Itens como taxas, impostos e também inflação são questões que pesam bastante no bolso de quem está adquirindo um imóvel na planta. Por isso, é preciso ficar atento a como você vai usar o seu dinheiro, além de verificar todas as cláusulas do contrato para que a construtora não cobre indevidamente juros sobre juros ou outros tipos de tributos.

Leve em consideração que algumas cobranças da construtora são legalmente amparadas, como a escritura, o registro, o Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) e a variação de Índice Nacional de Custos na Construção (INCC). A inflação tem diretamente a ver com este último.

Em um apartamento financiado, por exemplo, as parcelas mensais sofrem distorções por conta do índice que tem estado acima da inflação (algo em torno de 0,65% ao mês). Ao final, o comprador pagará um valor mais alto que o inicial e, por isso, é necessário ter um bom planejamento financeiro para não interromper o pagamento e ficar sem o imóvel até o momento da entrega das chaves.

Logo, fique atento a todas as despesas com as quais você terá que arcar ao comprar imóveis na planta, para que não fique desprevenido e acabe se atrasando nas obrigações de pagamento.

5. Não verificar a regularidade da construção

Em geral, construtoras realizam financiamento para levantar uma construção. Isso significa que os apartamentos acabam sendo a garantia dada pela empresa à instituição bancária. No entanto, se a construtora não honrar com suas obrigações, o banco pode executar a hipoteca do apartamento.

E seja por erro ou desconhecimento, muitas pessoas que compram imóveis na planta não procuram saber a situação da construtora diante do banco, se ela está pagando em dia as prestações ou se há inadimplência.

Por isso, ao assinar o contrato, fique atento às cláusulas que determinam a parte financiada e sempre verifique — junto aos órgãos competentes, bem como com a própria construtora — quais as reais condições de entrega. Fazendo isso, e seguindo as demais dicas que demos até agora, você estará mais seguro para fechar negócio.

6. Não guardar contratos e demais documentos do acordo

Infelizmente, como em qualquer área, existem construtoras no mercado imobiliário que, em nome do lucro, fazem promessas exorbitantes aos consumidores que acabam acreditando cegamente naquilo que é apresentado. Às vezes, ao adquirir um imóvel, o desejo de se ver logo livre do aluguel faz o comprador acreditar em benefícios que nem sempre serão realizados.

Em seus folders de divulgação e estandes em feiras imobiliárias, algumas empresas colocam slogans como “livre de IPTU”, “sem taxa de condomínio” e chamadas desse tipo. Como nem sempre isso é verdade, acabam usando dessa estratégia apenas para atrair clientes.

Por isso, é imprescindível verificar as cláusulas do contrato e até mesmo contar com a ajuda de um advogado para avaliar se o que está escrito tem alguma validade legal e pode ser cumprido. Ademais, a lei protege o consumidor de propaganda enganosa e materiais como folders e outros documentos ofertados durante a negociação também devem ser guardados com o objetivo de possibilitar a você material para um amparo legal, no caso de surgirem eventuais problemas.

Agora que você já sabe quais erros não pode cometer ao comprar imóveis na planta, que tal continuar por dentro de outros conteúdos exclusivos? Assine nossa newsletter e seja o primeiro a receber dicas imperdíveis sobre o mercado imobiliário diretamente no seu e-mail!

Faça seu cadastro e receba tudo por email!

Confira também

2 comentários em “4 erros que você não deve cometer ao comprar imóveis na planta”

  1. Isaque disse:

    Ola…sou isaque estou a procura de ap.na planta e financiamento com a construtora ja que com bancos nao consegui..obrigado

    1. Ana Paula disse:

      Entre com contato com nosso consultor online no fim da página que ele fará uma simulação baseada na sua renda. Aí você saberá se consegue financiar um imóvel e ainda te dará uma previsão de quanto será suas parcelas e te indicará imóveis disponíveis pra venda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *